12 de fevereiro de 2016

PAIXÃO E LUTA

Não existe no mundo um esporte mais apaixonante que lutar, quando é realizado corretamente. As artes marciais são mais populares do que o boxe hoje em dia porque se vê muita paixão nos tatames. Os pugilistas não têm mais essa paixão. Não existe mais um cara que diga de coração: "Os deuses não só me atiçam e me enfurecem, como um dia eu vou reinar ao lado deles". Os caras de hoje não falam essas merdas, não têm colhões,eles vêm de um ambiente muito frouxo para entender minha realidade. E se recusam a dizer coisas assim porque têm medo de falhar e depois todo mundo rir deles. É por isso que os lutadores de hoje não conseguem um respeito total. Eles têm medo de agarrar a verdadeira grandeza. Eles veem o boxe como um cheque, não como algo nobre. Só querem dinheiro e idolatria. Eu queria idolatria e imortalidade.

A essência de um lutador que empolga é a habilidade e a disposição que ele tem de querer machucar outro homem. Isso gera ótimas lutas e grandes estrelas. Quando eu estava no ringue, agia como um animal, como um cachorro raivoso. Eu estava lá para divertir o público.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 475)

Nenhum comentário: