1 de setembro de 2012

MÃE É MÃO

Por: Diego Cosmo
Ela carrega o misterioso poder da luz que traz consigo a proposta da esperança, as benções das frustações e consequentemente a dos ganhos, levo orgulhosamente em meu sangue sua frágil divindade suficiente a me dar a chance de encontrar o paraíso, graças a você tenho na consciência as primeiras lições irracionais da graça e logo a capacidade de amar. Na estrada da vida vou adiante sabendo que você nunca soltou minha mão.

Nenhum comentário: