25 de fevereiro de 2012

EM LOUVOR AO SONHO

Por: Diego Cosmo

Que não enterremos a fantasia do outro mundo, que o canto das sereias não cessem, que nunca deixemos enferrujar nossas habilidades mágicas, não empoeiremos nossas cartolas! Que a realidade não seja o suficiente para murchar a ilusão, que o sonho esteja sempre no horizonte, nos iluminando. Que o mistério da vida seja vivido junto às fadas, que a razão em seu lúgubre berço não mate os profetas, que o encanto da poesia não seja trucidado pelo caminhar carreirista, que o fascínio da beleza não seja transformado em coisa feia pelos homens mais inteligentes do mundo, que amar seja antes um sonhar do que viver a realidade e que não deixemos de conviver com Dom Quixote.

Que o extraordinário da vida passe em um segundo, assim é o tempo do sonho. Que o segredo do não dito desemboque no beijo, que um galão volte a ser o bastante para pintarmos o céu, que sempre tenhamos cor no sangue para nos levantarmos. Que ao já sabermos de tudo, vejamos a vida por outro ângulo só para aprender a desaprender, que curtamos a ideias enquanto elas nos sustentam, que nossa tendência dogmatizadora não nos roube a capacidade de parirmos deuses. Que nos impulsione antes o sabor do que a imagem, que seja antes a extravagância do que a indiferença, que mesmo quando a vida por o dedo no gatilho, não demos a ela o gostinho de continuarmos esse processo. Que a dona paixão, mulher do sonho, em sua lua de liberdade ao alvorecer presenteie a Terra com homens e mulheres, que apesar de tudo que tem que se fazer para sobreviver, não deixem de viver o romance que é a vida.


"Sem sonhos, os monstros que nos assediam, estejam eles alojados em nossa mente ou no terreno social, nos controlarão. O objetivo fundamental dos sonhos não é o sucesso, mas nos livrar do fantasma do conformismo".

Augusto Cury (O Vendedor de Sonhos - O Chamado; pág: 61)

8 comentários:

Laisse Barbosa, disse...

Amei *-*
Nunca deixemos de sonhar!
Bjs. :*

Joguete do Destino disse...

Hoje eu estava realmente precisando de palavras como essas, me encontro em um estado de realidade que não sei mais se corresponde ao que eu sempre sonhei...mas a verdade é que nunca podemos deixar de sonhar, realmente, ele é a esperança, é como um iludir, é uma felicidade que existe num mundo só nosso, que muitas vezes quando se torna real percebemos que era muito mais bonito quando era apenas um sonho, outras vezes não.

Parabéns pelo texto, muito bom.
abraço, ana karoline.

Diego Cosmo disse...

Infelizmente, acho q a vida uma vez e outra ha de nos dar umas pancadas.. Mas com o tempo vamos aprendendo a viver melhor, ou a sonhar melhor!

O lance é afirmar a vida e tentarmos aproximar cada vez mais tudo isso, como algo utópico mesmo, enfim o que vale é a caminhada, a felicidade consiste nisso, e não onde se vai chegar. ^^

Obs: Fico feliz em ter dado uma certa ajuda para que seu dia ficasse melhor! :)

Joguete do Destino disse...

*Teste para acompanhamento de e-mail.

Naiana Carvalho disse...

Amém!

Diego Cosmo disse...

Aleluias! ^^

Wendel Cavalcante disse...

Ah... Diego...
Quando você me ver parar de sonhar será por causa da finitude da vida.
Nosso desafio é continuar sonhando e inspirando quem está à nossa volta!
E parabéns pela articulação do texto!
Abração!

www.estradasou.blogspot.com

Diego Cosmo disse...

Tamo nessa! E vlw pelo companheirismo Wendel! Abração!