19 de agosto de 2014

A TENTAÇÃO DO FUNDAMENTALISMO

O fundamentalismo é uma tentação. Eu também já fui fundamentalista. Eu me libertei desse pântano espiritual com muita luta interior, passando por ataques de pânico, como Lutero. Mas, pela graça de Deus, eu me libertei dessa armadilha do inferno. Como disse Brian Anderson-Walsh, autor de "A Conspiração Bonsai", o fundamentalismo é "o último vômito de satanás". O fundamentalismo nos tenta porque somos humanos, nosso intelecto é medroso e carente, e multidões caem nessa tentação. Por que é ele uma tentação? Porque apela para nossa fraqueza de querer ter certeza, de querer ter segurança teórica. Na fé, na verdadeira piedade, devemos "andar sobre as águas", isto é, abandonar as certezas teóricas, e é a partir desse ponto, quando abandonamos o dogmatismo, que passamos a, de fato, aprender o caminho de Cristo, o caminho do justo, o caminho da fé.


Ricardo Quadros Gouvêa

Nenhum comentário: