4 de agosto de 2017

ATAQUE, DEFESA E MOVIMENTAÇÃO

Atacar com confiança e alcançar os objetivos significa atacar aquilo que o inimigo não está esperando. Do mesmo modo, defender-se com confiança e garantir a segurança de suas posições, significa defender onde o inimigo não poderá atacar. Assim, contra o especialista em ataque, o inimigo não saberá onde se defender, contra o perito em defesa, o inimigo não saberá onde atacar.

Garantir-nos de não ser derrotado está em nossas mãos, porém a oportunidade de derrotar o inimigo é dada por ele mesmo. Por isso se diz: "A invencibilidade repousa na defesa, a vulnerabilidade revela-se no ataque". Manter-se e assumir posição defensiva, é porque a força do inimigo é esmagadora, porém lançar-se ao ataque é porque a força do inimigo é deficiente. O especialista em defesa, oculta a si mesmo no mais profundo e indecifrável canto da terra. O especialista em ataque, desfere o golpe de cima das mais altas esferas do Céu. [O perito em batalhas move o inimigo, em vez de ser movido por elepág69]. Dessa forma, ele é capaz de, ao mesmo tempo, proteger a si mesmo e alcançar a vitória completa.

Pratique a dissimulação, recorra a manobras enganosas. Movimente-se quando estiver em posição de vantagem, faça mudanças estratégicas dispersando ou concentrando suas forças. Quando necessário esconda suas intenções [Alterando seus planos ele mantém o inimigo no escuro. Mudando seu acampamento, evita que o inimigo preveja seu objetivopág119]. Evite movimentar-se inutilmente e somente ataque quando tiver certeza da vantagem. [Depois de uma primeira vantagem, não esmoreças nem dês a tuas tropas um repouso precipitado. Empunha a espada com a mesma rapidez de uma torrente que se precipita de um despenhadeiro. Que teu inimigo não tenha tempo sequer de perceber o que está acontecendopágs53]. [A velocidade é a essência da guerra. Aproveite a falta de preparação do adversário, avance por caminhos onde não é esperado e ataque locais desprotegidospág117]. [O sucesso da guerra está em estudar cuidadosamente as intenções do inimigo. Se ele mostra inclinação para avançar, atraia-o; se deseja recuar, deixe que ele leve adiante sua intenção. Se o inimigo mostrar alguma vulnerabilidade, avance sobre ele. Conquiste algo que seja de grande importância para seu adversário e não permita que ele saiba qual será o momento de seu ataque. Siga a estratégia determinada, mas procure se adaptar aos movimentos do exército inimigo para garantir o resultado da batalha. A princípio, procure exibir a timidez de uma modesta e humilde donzela, e então o inimigo abrirá suas portas. Depois, imite a velocidade de uma lebre apressada e será tarde demais para que o exército inimigo possa mostrar alguma reação ou oposiçãopág120/121].

[Se estiver distante e tentar provocar um combate, ele quer que avancemos. Se ele estiver acampado em terreno plano, com certeza está protegido por alguma vantagem. Aumento dos preparativos para guerra significa que o inimigo avançará. Linguagem violenta e movimento agressivo para frente, indicam que ele recuará. Se houver uma vantagem e o inimigo não avançar, ele está exaustopág96/97]. Não persiga um inimigo que finge recuar. Não obstrua um inimigo que volta para casa. Quando cercar o inimigo, deixe uma saída para ele, caso contrário, ele lutará até a morte. Não pressione um inimigo acuado e não se encarnice contra um inimigo derrotado. [Atenção ao inimigo enraivecido que está preparado para confrontar-se com você por longo período sem travar batalha nem abandonar sua posição, considere-o com o maior cuidado. E jamais subestima seu inimigo, caso contrário, seria facilmente capturado por elepág98/99]. Essa é a arte da guerra.

Sun Tzu (A Arte da Guerra; págs: 51, 53, 69, 80, 81, 96, 97, 98, 99, 117, 119, 120 e 121)

Nenhum comentário: