31 de maio de 2017

SCORPIONS


01 - Speedy's Coming - [Fly To The Rainbow: 1974]
02 - Fly People Fly - [Fly To The Rainbow: 1974]
03 - Far Away - [Fly To The Rainbow: 1974]
04 - In Trance - [In Trance: 1975]
05 - Life's Like A River - [In Trance: 1975]
06 - Living And Dying - [In Trance: 1975]
07 - Robot Man - [In Trance: 1975]
08 - Sun In My Hand - [In Trance: 1975]
09 - Pictured Life - [Virgin Killer: 1976]
10 - Catch Your Train - [Virgin Killer: 1976]
11 - In Your Park - [Virgin Killer: 1976]
12 - Virgin Killer - [Virgin Killer: 1976]
13 - Hell-Cat - [Virgin Killer: 1976]
14 - Yellow Raven - [Virgin Killer: 1976]
15 - Steamrock Fever - [Taken By Force: 1977]
16 - I've Got To Be Free - [Taken By Force: 1977]
17 - Your Light - [Taken By Force: 1977]
18 - He's A Woman - She's A Man - [Taken By Force: 1977]
19 - Born To Touch Your Feelings - [Taken By Force: 1977]
20 - All Night Long - [Tokyo Tapes: 1978]
21 - In Search Of The Peace Of Mind - [Tokyo Tapes: 1978]
22 - Loving You Sunday Morning - [Lovedrive: 1979]
23 - Always Somewhere - [Lovedrive: 1979]
24 - Is There Anybody There? - [Lovedrive: 1979]
25 - Holiday - [Lovedrive: 1979]
26 - Make It Real - [Animal Magnetism: 1980]
27 - Don't Make No Promises (Your Body Can't Keep) - [Animal Magnetism: 1980]
28 - Lady Starlight - [Animal Magnetism: 1980]
29 - Hey You - [Animal Magnetism: 1980]
30 - Blackout - [Blackout: 1982]
31 - Arizona - [Blackout: 1982]
32 - When The Smoke Is Going Down - [Blackout: 1982]
33 - Bad Boys Running Wild - [Love At First Sting: 1984]
34 - Coming Home - [Love At First Sting: 1984]
35 - Big City Nights - [Love At First Sting: 1984]
36 - As Soon As The Good Times Roll - [Love At First Sting: 1984]
37 - Coast To Coast - [World Wide Live: 1985]
38 - Passion Rules The Game - [Savage Amusement: 1988]
39 - Every Minute Every Day - [Savage Amusement: 1988]
40 - Believe In Love - [Savage Amusement: 1988]
41 - Tease Me, Please Me - [Crazy World: 1990]
42 - Don't Believe Her - [Crazy World: 1990]
43 - To Be With You In Heaven - [Crazy World: 1990]
44 - Wind Of Change - [Crazy World: 1990]
45 - Lust Or Love - [Crazy World: 1990]
46 - Kicks After Six - [Crazy World: 1990]
47 - Hit Between The Eyes - [Crazy World: 1990]
48 - Crazy World - [Crazy World: 1990]
49 - Send Me An Angel - [Crazy World: 1990]
50 - Someone To Touch - [Face The Heat: 1993]
51 - Under The Same Sun - [Face The Heat: 1993]
52 - Ship Of Fools - [Face The Heat: 1993]
53 - Nigthmare Avenue - [Face The Heat: 1993]
54 - Lonely Nights - [Face The Heat: 1993]
55 - Living For Tomorrow - [Live Bites: 1995]
56 - White Dove - [Live Bites: 1995]
57 - But The Best For You - [Pure Instinct: 1996]
58 - Does Anyone Know - [Pure Instinct: 1996]
59 - Stone In My Shoe - [Pure Instinct: 1996]
60 - Oh Girl (I Wanna Be With You) - [Pure Instinct: 1996]
61 - When You Came Into My Life - [Pure Instinct: 1996]
62 - Time Will Call Your Name - [Pure Instinct: 1996]
63 - You And I - [Pure Instinct: 1996]
64 - Mysterious - [Eye II Eye: 1999]
65 - What You Give You Get Back - [Eye II Eye: 1999]
66 - Skywriter - [Eye II Eye: 1999]
67 - Du Bist So Schmutzig - [Eye II Eye: 1999]
68 - Life Is Too Short - [Acoustica: 2001]
69 - Dust In The Wind - [Acoustica: 2001]
70 - I Wanted To Cry (But The Tears Wouldn't Come) - [Acoustica: 2001]
71 - Love Of My Life - [Acoustica: 2001]
72 - Love 'Em Or Leave 'Em - [Unbreakable: 2004]
73 - Deep And Dark - [Unbreakable: 2004]
74 - Someday Is Now - [Unbreakable: 2004]
75 - My City My Town - [Unbreakable: 2004]
76 - Through My Eyes - [Unbreakable: 2004]
77 - Can You Feel It - [Unbreakable: 2004]
78 - This Time - [Unbreakable: 2004]
79 - Remember The Good Times - [Unbreakable: 2004]
80 - Edge Of Time - [The Platinum Collection (CD III): 2005]
81 - Cause I Love You - [Gold (CD II): 2006]
82 - Hour I - [Humanity Hour I: 2007]
83 - The Game Of Life - [Humanity Hour I: 2007]
84 - The Future Never Dies - [Humanity Hour I: 2007]
85 - You're Lovin' Me To Death - [Humanity Hour I: 2007]
86 - 321 - [Humanity Hour I: 2007]
87 - Your Last Song - [Humanity Hour I: 2007]
88 - Humanity - [Humanity Hour I: 2007]
89 - Cold - [Humanity Hour I: 2007]
90 - She's Knocking At My Door - [Taken B-Side (CD I): 2009]
91 - Rubber Fucker - [Taken B-Side (CD II): 2009]
92 - Kiss Of Borrowed Time - [Taken B-Side (CD II): 2009]
93 - Bad For Good - [Taken B-Side (CD II): 2009]
94 - Miracle - [Taken B-Side (CD II): 2009]
95 - Mind Power - [Taken B-Side (CD II): 2009]
96 - Raised On Rock - [Sting In The Tail: 2010]
97 - Rock Zone - [Sting In The Tail: 2010]
98 - Lorelei - [Sting In The Tail: 2010]
99 - Turn You On - [Sting In The Tail: 2010]
100 - SLY - [Sting In The Tail: 2010]
101 - Spirit Of Rock - [Sting In The Tail: 2010]
102 - The Best Is Yet To Come - [Sting In The Tail: 2010]
103 - Rhythm Of Love - [Comeblack: 2011]
104 - No One Like You - [Comeblack: 2011]
105 - The Zoo - [Comeblack: 2011]
106 - Rock You Like a Hurricane - [Comeblack: 2011]
107 - Still Loving You - [Comeblack: 2011]
108 - Tainted Love - [Comeblack: 2011]
109 - Children Of The Revolution - [Comeblack: 2011]
110 - All Day And All Of The Night - [Comeblack: 2011]
111 - Rock My Car - [Return To Forever: 2015]
112 - Rock 'N' Roll Band - [Return To Forever: 2015]
113 - Eye Of The Storm - [Return To Forever: 2015]
114 - Who We Are - [Return To Forever: 2015]
115 - Crazy Ride - [Return To Forever: 2015]

SEU CORAÇÃO É O SEU ÚNICO LAR



Eu ando sozinho
Entre noites sem sono
Sou só outro número
Algo não está certo
Procurando por algo
Neste zoológico humano
Caleidoscópio de faces
Talvez, talvez seja você
Eu sinto que perdi meu caminho
As coisas ficam mais escuras a cada dia que fico

Você está nas ruas
Vivendo por conta própria
Você está nas ruas
Tão longe de casa
Quando você está nas ruas
Você não pode entender o que está acontecendo
Você está nas ruas
Seu coração é seu único lar

A mente vagueia
Entre sonhos despedaçados
Horas passam em segundos
E meu coração grita
Não posso lutar com o passado
Eu forço todas as minhas lágrimas para trás
Porque não há como voltar para trás
Minutos, minutos, viram anos
Alguém ouça minhas orações
Não ajuda sentir que ninguém se importa, ninguém ousa

Você está nas ruas
Vivendo por conta própria
Você está nas ruas
Tão longe de casa
Quando Você está nas ruas
Você não pode entender o que está acontecendo
Você está nas ruas
Seu coração é seu único lar

Talvez haja um lugar para mim
É meu sonho ser livre, fantasia

Você está nas ruas
Vivendo por conta própria
Você está nas ruas
Tão longe de casa
Quando você está nas ruas
Você não pode entender o que está acontecendo
Você está nas ruas
Seu coração é seu único lar

Você está nas ruas
Vivendo por conta própria
Você está nas ruas
Tão longe, Tão longe de casa
Você está nas ruas
Eu não posso entender o que está acontecendo
Você está nas ruas
Seu coração é seu único lar

Twisted Sister (Out On The Streets)

25 de maio de 2017

THE MAMAS & THE PAPAS


01 - Straight Shooter - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
02 - Gota Feelin' - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
03 - I Call Your Mane - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
04 - Go Where Tou Wanna Go - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
05 - California Dreamin' - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
06 - Somebody Groovy - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
07 - Hey Girl - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
08 - You Baby - [If You Can Believe Your Eyes And Ears: 1966]
09 - Dancing In The Street - [The Mamas & The Papas: 1966]
10 - Strange Young Girls - [The Mamas & The Papas: 1966]
11 - I Can't Wait - [The Mamas & The Papas: 1966]
12 - That Kind Of Girl  - [The Mamas & The Papas: 1966]
13 - Once Was A Time I Thought - [The Mamas & The Papas: 1966]
14 - Creque Alley - [The Mamas & The Papas Deliver: 1967]
15 - Free Advice - [The Mamas & The Papas Deliver: 1967]
16 - Twelve Thirty - [The Papas & The Mamas: 1968]
17 - Snowqueen Of Texas - [People Like Us: 1971]
18 - Pearl - [People Like Us: 1971]
19 - I Wanna Be A Star - [People Like Us: 1971]

23 de maio de 2017

TWISTED SISTER


01 - Bad Boys (Of Rock 'N' Roll) - [Under The Blade: 1982]
02 - Shoot 'Em Down - [Under The Blade: 1982]
03 - Day Of The Rocker - [Under The Blade: 1982]
04 - I'll Never Grow Up, Now! - [Under The Blade: 1982]
05 - The Kids Are Back - [You Can't Stop Rock 'N' Roll: 1983]
06 - I Am (I'm Me) - [You Can't Stop Rock 'N' Roll: 1983]
07 - We're Gonna Make It - [You Can't Stop Rock 'N' Roll: 1983]
08 - I'll Take You Alive - [You Can't Stop Rock 'N' Roll: 1983]
09 - You're Not Alone (Suzette's Song) - [You Can't Stop Rock 'N' Roll: 1983]
10 - Stay Hungry - [Stay Hungry (CD I): 1984]
11 - We're Not Gonna Take It - [Stay Hungry (CD I): 1984]
12 - Burn In Hell - [Stay Hungry (CD I): 1984]
13 - I Wanna Rock - [Stay Hungry (CD I): 1984]
14 - The Price - [Stay Hungry (CD I): 1984]
15 - Don't Let Me Down - [Stay Hungry (CD I): 1984]
16 - This One's For You - [Stay Hungry (CD II): 1984]
17 - What's Love Without You - [Stay Hungry (CD II): 1984]
18 - Our Voice Will Be Heard - [Stay Hungry (CD II): 1984]
19 - You Got To Fight - [Stay Hungry (CD II): 1984]
20 - 30 - [Stay Hungry (CD II): 1984]
21 - Come Out And Play - [Come Out And Play: 1985]
22 - Leader Of The Pack - [Come Out And Play: 1985]
23 - I Believe In Rock 'N' Roll - [Come Out And Play: 1985]
24 - Be Chrool To Your Scuel - [Come Out And Play: 1985]
25 - I Believe In You - [Come Out And Play: 1985]
26 - Out On The Streets - [Come Out And Play: 1985]
27 - Lookin' Out For #1 - [Come Out And Play: 1985]
28 - Kill Or Be Killed - [Come Out And Play: 1985]
29 - King Of The Fools - [Come Out And Play: 1985]
30 - Hot Love - [Love Is For Suckers: 1987]
31 - I'm So Hot For You - [Love Is For Suckers: 1987]
32 - Me And The Boys - [Love Is For Suckers: 1987]
33 - One Bad Habit - [Love Is For Suckers: 1987]
34 - I Want This Night (To Last Forever) - [Love Is For Suckers: 1987]
35 - You Are All That I Need - [Love Is For Suckers: 1987]
36 - If That's What You Want - [Love Is For Suckers: 1987]
37 - I Will Win - [Love Is For Suckers: 1987]
38 - High Steppin' - [Club Daze Volume 1: The Studio Sessions: 1999]
39 - T.V. Wife - [Club Daze Volume 1: The Studio Sessions: 1999]
40 - Hero's Are Hard To Find - [Still Hungry: 2004]
41 - Come Back (versão 2) - [Still Hungry: 2004]
42 - Rock 'N' Roll Saviors (versão 2) - [Still Hungry: 2004]
43 - I'll Be Home For Christmas (com Lita Ford) - [A Twisted Christmas: 2006]
44 - I Saw Mommy Kissing Santa Claus - [A Twisted Christmas: 2006]

15 de maio de 2017

CENSURA NA PUBLICIDADE


Às vezes não entendo por que não podemos falar nos comerciais e anúncios como a gente realmente fala - bom, há órgãos do governo que nos impedem de falar como falamos realmente e suponho que isso encerra a questão.

Um dos maiores problemas que todas as agências têm é a dor de cabeça da censura. Simplesmente não há razão para isso. A censura, qualquer tipo de censura, é pura cisma, puro capricho. É a noção que um cara tem do que é certo para ele. Baseia-se somente na arbitrariedade. Não há regras, não há parâmetros, não há leis. O problema é que o Código da National Association Of Broadcasters muda toda semana; toda semana uma nova diretriz é publicada pela NAB. Está ali para impedir que o fabuloso público norte-americano seja ofendido. A censura é sinônimo apenas dos preconceitos de cada um. Se você fizer alguma coisa que seja realmente de mau gosto, você vai sair do ar - quer dizer, vai sair do ar porque as pessoas vão parar de comprar o seu produto. Ele vai morrer, mas que seja com o próprio veneno. Quem sou eu para dizer que aquele negócio é de mau gosto?

Há uma ponta clássica de Lenny Bruce em um filme: ele está fazendo o papel de um pai conversando com o filho enquanto ambos assistem a um filme pornográfico. Bruce diz:

- Filho, não posso deixar você assistir a isso. Isso aí é um filme de um casal transando, e isso é horrível, sujo, repugnante. Filho, vou tampar os seus olhos agora. Aquele homem vai beijar aquela mulher e eles vão transar e vai haver prazer e tudo o mais, uma coisa horrível, não é para você ver enquanto não tiver ao menos 21 anos. Em vez disso, filho, vou levar você para assistir a um belo filme de guerra. Certamente podemos assistir a um filme de guerra do John Wayne, em que há sangue, tripas de fora, chacinas e tudo mais. Porque alguém chegou à conclusão de que este você pode ver, filho.

O governo continua se baseando na teoria de que a minha mulher, ou a sua, ou a mulher de qualquer um é burra demais para descobrir a diferença entre um superproduto e um produto monstruoso. A teoria do pessoal do governo é a seguinte: é melhor a gente tomar conta do povo porque o povo é burro demais para cuidar de si mesmo. O que me deixa louco de raiva é o governo ser tão hipócrita nessa história toda. O governo diz que o cigarro faz mal à saúde. Tudo bem. Por que ele não torna ilegal a venda de cigarro? Seria muito simples, nenhum problema - é só pôr o cigarro na mesma categoria da maconha, da heroína, do haxixe etc. Torná-lo ilegal. Bem, eu acho que o governo não consegue ver claramente a possibilidade de tornar o cigarro ilegal porque ele recolhe um montão de dinheiro com os impostos sobre a venda de cigarro. O governo está ganhando um montão de dinheiro com cigarro nesse exato momento - e quem sabe o que o governo estadual e municipal está ganhando com seus impostos? O governo é um beneficiário da propaganda do cigarro. E é isso o que chamamos de dois pesos, duas medidas.

Fica fácil, ou parece fácil, um político dar uma investida e atacar, mas muito poucos deles são burros a ponto de atacar a propaganda como um todo. Veja só, os políticos estão entre os maiores anunciantes que existem. O que os políticos usam é a técnica do salame: atacam um grupo de cada vez. Agora é a vez dos fabricantes de cigarro; da próxima, talvez seja de novo a vez dos caras da indústria farmacêutica, e depois a dos carros. Vão acabar chegando aos caras do sabão. Preste atenção. Quando alguém tenta reprimir alguém, o argumento é: "Olha, esta é só uma fatia desse grande negócio e estamos fazendo isso para o seu bem." [A história contada pelos censores é que tudo o que eles fazem é para o bem comum. Isso é tudo quanto você ouve sobre a razão de ser deles. Eles vão arruinar comerciais, vão prejudicar a propaganda, mas é tudo para o bem comum224]. Na verdade, a técnica do salame também tem sido usada na propaganda e na embalagem. O governo dos Estados Unidos chegou à conclusão de que você não pode chamar a sua torta de cereja de torta de cereja a menos que ela tenha 32 cerejas por torta, ou algo do gênero. Bem, quem é que vai protestar contra a torta de cereja? Não vão ser os fabricantes de pães - eles não estão nem aí.

Jerry Della Femina (Mad Men - Comunicados do Front Publicitário; págs: 41, 205, 206, 212, 216, 217, 218, 219, 220, 221 e 224)

ANÚNCIO EM QUATRO FASES

A produção de um anúncio tem quatro fases: a ideia, que é apenas um esboço diminuto; o rascunho, que é a ideia, só que mais desenvolvida; a composição, que significa que as letras que constituem o slogan já foram colocadas e que o desenho já está muito mais detalhado; e o acabamento.

Jerry Della Femina (Mad Men - Comunicados do Front Publicitário; pág: 196)

14 de maio de 2017

SIMON & GARFUNKEL


01 - Bleeker Street - [Wednesday Morning, 3 A.M.: 1964]
02 - Peggy-O - [Wednesday Morning, 3 A.M.: 1964]
03 - The Sound Of Silence (versão 2) - [Sounds Of Silence: 1966]
04 - Leaves That Are Green - [Sounds Of Silence: 1966]
05 - Somewhere They Can't Find Me - [Sounds Of Silence: 1966]
06 - Richard Cory - [Sounds Of Silence: 1966]
07 - We've Got A Groovy Thing Goin' - [Sounds Of Silence: 1966]
08 - I Am A Rock - [Sounds Of Silence: 1966]
09 - Patterns - [Parsley, Sage, Rosemary And Thyme: 1966]
10 - A Simple Desultory Philippic - [Parsley, Sage, Rosemary And Thyme: 1966]
11 - Mrs. Robinson (From The Motion Picture 'The Graduate') - [Bookends: 1968]
12 - A Hazy Shade Of Winter - [Bookends: 1968]
13 - Bridge Over Troubled Water - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
14 - El Condor Pasa (If I Could) - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
15 - Keep The Customer Satisfied - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
16 - The Boxer - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
17 - Baby Driver - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
18 - The Only Living Boy In New York - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
19 - Why Don't You Write Me - [Bridge Over Troubled Water: 1970]
20 - Slip Slidin' Away - [The Concert In Central Park: 1982]
21 - A Heart In New York - [The Concert In Central Park: 1982]
22 - Kodachrome _ Mabellene - [The Concert In Central Park: 1982]
23 - My Little Town - [Old Friends (CD III): 1997]

8 de maio de 2017

NOSEDIVE

Por: Diego Cosmo
Black Mirror (3º Temporada|1º Episódio)

A constante avaliação de tudo e todos parece fazer parte, cada vez mais, do modo que lidamos com o bem-estar nosso e do outro. Por já vivermos, em boa medida, numa sociedade informacional em que tudo comunica, cada interação carrega em si a justificativa para uma avaliação. A aceitação dos que estão ao nosso redor como influência da nossa auto-estima é compreensível e aceitável em certa medida, afinal, somos seres sociais, animais políticos. A partir do momento em que a aceitação ou não dos outros passa a, definitivamente, determinar o índice de felicidade, sobretudo dos que nem se quer conhecemos, podemos dizer que estamos sob o tacão de tudo, menos de nós mesmos, perder a singularidade e o próprio caminho são características de quem, radicalmente, aceitou ser e agir politicamente correto, segundo o status quo.

A questão da busca por ser aprovado não é nova, remete aquela velha história do jovem que quer ser popular no seu grupo, vemos esses dramas encontrarem reconfigurações também no espaço digital, o consumo, o estilo, a linguagem, etc., que tais jovens por si só não comprariam, o compram em nome da potencial aprovação social, e casos assim sempre se repetirão desde que a necessidade de ser aprovado exista, necessidade essa que suspeito ser inerente ao ser humano. Nos superficializamos em nome de expressarmos determinada imagem que julgamos ser o meio para obter certa aceitação social, sendo verdade ou não a nosso respeito. Vendemos nossa individualidade ao comprarmos algum passaporte para o reconhecimento do que nos envaidecemos em ter. A imagem enseja uma maior carga informativa|cognitiva, talvez isso explique o sucesso de aplicativos como o Instagram que viraram verdadeiras plataformas para se dizer ao mundo que estilo de vida você tem.

Comprar a lógica de ascensão social implica encenar determinado papel. Ganhar as massas é prova cabal de que você é, de algum modo, superior aos demais mortais, basta ver o que ensaia o cenário de quando olhamos para alguém que conhece de perto algum famoso. Geralmente é dramático sair dessa dinâmica de valores. Sair do jogo da ciranda dos números, por exemplo, colocar a sinceridade antes do pudor excessivo condicionado pelo dito politicamente correto tem seu preço. Mas vale a pena.

6 de maio de 2017

EM AMOR À PÁTRIA


A - Passei um ano no Afeganistão tornando a América mais segura e é assim que sou agradecido?
B - Você tornou a América mais segura?
C - Certamente você concorda que nossos soldados são heróis.
B - Não concordo. Talvez alguns soldados, mas não todos. Muitos soldados devem ser idiotas. A maioria das pessoas é idiota, não é só dar uma arma para um idiota e deixar ele sair atirando nas pessoas para que esse idiota se torne um herói.

BoJack Horseman (1º Temporada/2º Episódio)

4 de maio de 2017

O ESPAÇO-TEMPO EXISTENCIAL

Por: Diego Cosmo

Se diz que a arte é a única forma de extrapolarmos a mera forma de existir, de vermos ou sentirmos algo que de outra forma não poderíamos experimentar, simplista. Aquela frase que diz "nada do que é humano me é estranho", merece mais atenção. Talvez por desprezarmos, na maioria das vezes, o potencial humano somos inclinados a achar que o que tenha uma estética mais lúdica por si só seja algo a mais do que qualquer cotidiano por aí. Tudo o que temos é a consciência, isso é o que, a grosso modo, nos faz diferentes de muitas coisas, nos movendo sob o fundo dos pontos que conseguimos ligar ultrapassamos existencialmente o espaço-tempo, nos transformamos, nos impulsionamos em direção aquilo que dar sentido ao existir, sem precisar de nada além do que o simples viver. Tudo constrói a consciência, da frustração ao êxtase experimentado, da inércia da roda viva à toda racionalidade emocionalizadamente encarnada, nada disso se dá fora da condição em que já estamos, de nossa inerente percepção. O que há de mais artístico nasce do comum que vivemos. A vida nem se quer é tão acertada quanto a morte o é e mesmo assim insistimos em viver como se não fossemos morrer. Não há fantasia que nos salve de nossas limitações e a inexorável finitude da vida. O que há são brincadeiras, sangue e cachaça. Já estamos sepultados em nosso próprio corpo e tempo.

3 de maio de 2017

AS CRENÇAS E AS MÁQUINAS DE RUÍDO

Transparência não era a resposta universal que procurava. Você não pode simplesmente inundar o mercado com brócolis e esperar que as pessoas deixem de comer batatas fritas. Se um grande número de pessoas busca apenas informações que confirmem suas crenças, então inundar o mercado com dados sobre o governo não funcionará tão bem quanto os teóricos preveem. As informações acabarão distorcidas pelas máquinas de ruído de esquerda e direita e transformadas em mais "ração" para manter o país manipulado.

Clay A. Johnson (A Dieta Da Informação; pág: 19)