14 de abril de 2017

FLYING A


Uma agência pequena, a Smith/Greenland, fez uma experiência com a gasolina Flying A. Seu argumento de venda era que a gasolina era fabricada especificamente para a sua forma de dirigir no trânsito da cidade, em vez de no trânsito do país. E mostrou um cara preso em um ponto qualquer da Long Island Expressway, tentando sair do engarrafamento. Na história dos comerciais de gasolina, ninguém nunca ficou preso em um engarrafamento. Você sempre vê os carros zunindo por estradas vazias a 150 por hora. Ninguém jamais sequer insinuou que você pode ficar preso no trânsito. A campanha foi boa: disse aos motoristas que dirigir na cidade é parar-e-andar e que a Flying A é a melhor gasolina para essas condições.

Jerry Della Femina (Mad Men - Comunicados do Front Publicitário; pág: 55)

Nenhum comentário: