24 de março de 2017

UM COMEDIANTE EM MEIO AOS ADULTOS


Um homem de aparência lamurienta, egoísta, taciturno e vagamente insatisfeito com a vida. Esse é o tipo de homem que ele é. Ou quase isso. Pois defini-lo não é tarefa fácil. É impossível focá-lo diretamente. Ele ofusca todo mundo - o intelectual, o simples, o astuto, e até mesmo os que o veem todos os dias. Em momento algum se pode fazer dele um retrato firme, sólido, e afirmar: "Este é Charles Chaplin". Só se pode dizer: "Este é Charles Chaplin, não é?". Ele é como um vislumbre cintilante, ora desta faceta, ora daquela outra - azul, verde, amarelo, carmim -, sucessivamente. Um brilhante é um similar apropriado; ele é tão duro e reluzente quanto, e seu brilho também é errático. E se você o cortar, descobrirá que não há uma fonte pessoal daquelas luzes inconstantes - tanto no brilhante quanto em Charles Dickens; elas são só lampejos de genialidade. Duvido que ele mesmo possa se definir; os gênios raramente podem[...]

No mais, ele é volúvel. Geralmente, é tão gentil e terno quanto qualquer um poderia ser, mas também pode ser desatencioso. Ele se encolhe diante das luzes da ribalta, mas sente falta delas se não estiverem postas sobre ele. É profundamente tímido, mas, mesmo assim, adora ser o centro das atenções. Um solitário nato, conhece a fascinação da multidão. Ele é real e verdadeiramente modesto, mas muito ciente de que ninguém é como Charles Chaplin. Ele espera fazer tudo do seu jeito e, geralmente, consegue. A vida o embaraça; ele quer asas. Ele quer comer seu pedaço e possuir o bolo ao mesmo tempo. Ele quer uma peau de chagrin para conseguir todos os seus desejos, mas a peau de chagrin não deve diminuir  de tamanho. Ele exige demais da vida e das pessoas, e, porque essas exigências não podem sempre ser atendidas, ele fica perplexo e irritado. Exige lealdade dos amigos, enquanto ele mesmo é casual. Tem como certa a continuidade da amizade deles. Ele gosta de aproveitar o melhor do atual sistema social, enquanto, em seu íntimo, é o comunista mais ferrenho. Cheio de generosidades impulsivas, também é capaz de mudar subitamente, indo de um oposto ao outro[...]

Leva-se muito a sério, mas tem um senso de humor cortante sobre si mesmo e suas realizações. Ostenta uma humildade genuína sobre a posição que conquistou; mas, como a maioria dos artistas realmente humildes, não gosta que as pessoas considerem essa humildade justificada. Ele será o camarada mais doce com quem você já esteve por duas horas; então, sem causa aparente, ele será todo petulância e aspereza. Como uma criança, seu interesse é rapidamente cativado, e ele se entedia rapidamente. Essencialmente, ainda é londrino, mas não é mais inglês - se alguma vez o foi. Em momentos de excitação, e em toda a sua obra, o londrino aparece. Outras vezes, ele é americano nos modos, no discurso e na atitude. De modo algum, concorda com a reservada personalidade inglesa, e dá pouca importância à Inglaterra ou aos assuntos ingleses[...]

De maneira alguma, desdenha o dinheiro, mas a posse de grandes somas significa pouco para ele. O dinheiro representa segurança econômica, nada mais. Ele gosta de comidas burguesas simples - em sua visita à Inglaterra, ficou tagarelando sobre arenque defumado, dobradinha, coração de carneiro - e, embora tenha um vasto guarda-roupa, prefere as roupas velhas sem afetação. A bebida não o interessa, e ele fuma um (ou nenhum) charuto, contra os vinte que eu mesmo fumo. É um dos homens mais honestos. Se você pede a opinião dele sobre alguém ou alguma coisa, vai recebê-la de forma direta e clara. A maioria de nós tem algum traço de logro sobre nós mesmos; Charles não tem nenhum. Você pode aceitar qualquer coisa que ele diga como a verdade conforme ele a vê. Um ponto de sua honestidade é o seu egoísmo. A maioria de nós é egoísta, de um modo ou de outro, mas ficamos aborrecidos quando alguém nos acusa disso[...] Mesmo que as pessoas egoístas sejam as mais agradáveis. Pois, agradando a si mesmas, elas mantêm um comportamento alegre com aqueles que as rodeiam. Charles vive como a maioria de nós viveríamos, se tivéssemos a coragem necessária de nos encarar como realmente somos - por mais perturbador que esse "realmente" pudesse ser para a nossa autoestima. Ele só faz o que quer fazer. Se qualquer compromisso confronta seu humor momentâneo, ele não o cumpre, e se perguntam por que não o cumpriu, ele responde, imperturbável: "porque eu não queria". Quaisquer sejam suas companhias, ele é simples e espontâneo. Pode estar sempre interpretando um papel, mas nunca faz pose; ele odeia simulação...

A vida caseira dele, apesar dos secretários japoneses, cozinheiros e motoristas, não é glamourosa ou agitada como algumas pessoas imaginam. Ele me disse que leva uma vida tão monótona quanto um contator londrino. Ele não é superpopular naquele asilo de lunáticos - dificilmente se poderia esperar que Hollywood soubesse o que fazer com um poeta -, e eles o deixam sozinho[...] A mente dele é extraordinariamente rápida e receptiva, e ele tem uma boa memória também. Lê pouco, mas a partir de alguns poucos fatos elementares sobre um assunto altamente técnico, a mente dele pode trabalhar e conversar com um perito naquele assunto de tal modo que fará o perito pensar. Daí, parece que ele lê muito e é muito culto, quando, na verdade, sua intimidade com os livros é pequena. Com pouco interesse nas pessoas, ele, ainda assim, possui um olhar mais agudo e vivaz do que qualquer romancista (com suas excentricidades e seus segredos ocultos) que eu conheça. É inútil fingir diante dele; ele pode descobrir seu blefe ainda enquanto está sendo apresentado a você[...]

Agora, ele tem 42 anos [1931], mas não pode viver com essa idade, e nunca irá. A atitude e o interesse dele são sempre para a juventude e as coisas dos jovens. Ele não se importa com o passado histórico; seu lar espiritual é o seu próprio tempo. É uma criança de sua época, e sua mente não encontra nada em que se interessar além da própria infância. Certa vez, ele me disse: "Eu sempre me senti como uma criança em meio aos adultos".

Publicado no City Of Encounters, em 1933, por Thomas Burke

David Robinson (Chaplin - uma biografia definitiva; págs: 449, 450, e 451)

22 de março de 2017

ANTROPOFAGIA ROMÂNTICA 5,5%

Por: Diego Cosmo

Mesmo já previsto
Repetidamente
Sede à primeira vista
Tilinta-se o encontro
Ao dedilhar do violonista
Vejo-me num fundo
Reflexo olhar profundo
E profano como
num fim de ano.

Temperamental
Nos misturamos
Numa Dose letal
Desce frio
Desce quente
Se esquentado
Fria a mente
Da insanidade
De todo cíclico
A tola maldade
Para a boca
Do sanitário
Não há idade.

18 de março de 2017

LADY GAGA


01 - Just Dance (com Colby O'Donis) - [The Fame: 2008]
02 - Paparazzi - [The Fame: 2008]
03 - Poker Face - [The Fame: 2008]
04 - Eh, Eh (Nothing Else I Can Say) - [The Fame: 2008]
05 - Money Honey - [The Fame: 2008]
06 - Boys Boys Boys - [The Fame: 2008]
07 - Brown Eyes - [The Fame: 2008]
08 - I Like It Rough - [The Fame: 2008]
09 - Summerboy - [The Fame: 2008]
10 - Bad Romance - [The Fame Monster: 2009]
11 - Speechless - [The Fame Monster: 2009]
12 - Dance In The Dark - [The Fame Monster: 2009]
13 - Telephone (com Beyoncé) - [The Fame Monster: 2009]
14 - Marry The Night - [Born This Way: 2011]
15 - Born This Way - [Born This Way: 2011]
16 - Judas - [Born This Way: 2011]
17 - Hair - [Born This Way: 2011]
18 - Scheiße - [Born This Way: 2011]
19 - Bloody Mary - [Born This Way: 2011]
20 - Bad Kids - [Born This Way: 2011]
21 - Highway Unicorn (Road To Love) - [Born This Way: 2011]
22 - Heavy Metal Lover - [Born This Way: 2011]
23 - You And I - [Born This Way: 2011]
24 - The Edge Of Glory - [Born This Way: 2011]
25 - Aura - [ARTPOP: 2013]
26 - G.U.Y. - [ARTPOP: 2013]
27 - Manicure - [ARTPOP: 2013]
28 - Swine - [ARTPOP: 2013]
29 - Gypsy - [ARTPOP: 2013]
30 - Joanne - [Joanne: 2016]
31 - Perfect Illusion - [Joanne: 2016]
32 - Million Reasons - [Joanne: 2016]
33 - Sinner's Prayer - [Joanne: 2016]
34 - Come To Mama - [Joanne: 2016]
35 - Angel Down - [Joanne: 2016]

17 de março de 2017

NARNIA


01 - Break The Chains - [Awakening: 1998]
02 - No More Shadows From The Past - [Awakening: 1998]
03 - Time Of Changes - [Awakening: 1998]
04 - Living Water - [Long Live The King: 1999]
05 - Shelter Through The Pain - [Long Live The King: 1999]
06 - Dangerous Game - [Long Live The King: 1999]
07 - Inner Sanctum - [Desert Land: 2001]
08 - The Witch & The Lion - [Desert Land: 2001]
09 - The Countdown Has Begun - [The Great Fall: 2003]
10 - Back From Hell - [The Great Fall: 2003]
11 - Into This Game - [Enter The Gate: 2006]
12 - People Of The Bloodred Bross - [Enter The Gate: 2006]
13 - Show All The World - [Enter The Gate: 2006]
14 - This Is My Life - [Enter The Gate: 2006]
15 - Sunrise (Uriah Heep Cover) - [Decade Of Confession: 2007]
16 - Let Me Rest In Your Arms - [Decade Of Confession: 2007]
17 - Sail Around The World - [Course Of A Generation: 2009]
18 - Course Of A Generation - [Course Of A Generation: 2009]
19 - Kings Will Come - [Course Of A Generation: 2009]
20 - Rain - [Course Of A Generation: 2009]
21 - Armageddon - [Course Of A Generation: 2009]
22 - Behind The Curtain - [Course Of A Generation: 2009]
23 - Reaching For The Top - [Narnia: 2016]
24 - I Still Believe - [Narnia: 2016]
25 - One Way To The Promised Land - [Narnia: 2016]
26 - Messengers - [Narnia: 2016]

14 de março de 2017

HTML (HYPERTEXT MARKUP LANGUAGE/LINGUAGEM DE MARCAÇÃO HIPERTEXTUAL)


Uma coleção de comandos de formatação que criam documentos hipertextuais ou, mais simplesmente, páginas da Web. Toda página da Web é criada a partir de código HTML, que é transmitido para o navegador (browser) do usuário. O navegador interpreta então os comandos de formatação e exibe na tela um documento contendo texto formatado e gráficos.

Pierre Lévy (Cibercultura; pág: 264)

O CONTEXTO DA COMUNICAÇÃO


Toda mensagem, em quaisquer tipos de signos, verbais, visuais ou mesmo sonoros, está sempre prenhe de índices contextuais, situacionais, históricos, culturais, ideológicos, políticos que apontam, de modo mais ou menos explícito, para o contexto representado na mensagem.

O Contexto tem, pelo menos, quatro dimensões: física, cultural, sócio-psicológica e temporal. A dimensão física refere-se ao ambiente tangível e concreto no qual a comunicação ocorre, exercendo alguma influência sobre o conteúdo do que é comunicado. A cultural se refere às regras e normas dos comunicadores, crenças e atitudes que são transmitidas de uma geração a outra [Neste campo, entram em cena as formas de cultura a que os processos comunicativos dão origem e nas quais germinam, por exemplo, cultural oral, cultural da escrita, cultura de massas, cultura das mídias, cibercultura. Em um nível ainda mais macro, as mídias são também estudadas não como simples canais para transmitir informações, mas como conformadores de novos ambientes sociais, como é o caso atual das comunidades virtuais no ciberespaçopágs88/93]. A sócio-psicológica inclui os papéis sociais desempenhados pelas pessoas, a formalidade ou informalidade, seriedade ou humor da situação etc. A temporal inclui desde o momento do dia em que a comunicação se dá até o modo como ela se insere na sequência temporal de eventos comunicativos. O ruído é algum tipo de pertubação que distorce a mensagem. Em casos extremos, o ruído pode impedir que a mensagem enviada pela fonte chegue até o receptor. Em casos normais, algum nível de ruído é inevitável pelo simples fato de que a mensagem emitida sempre difere da mensagem recebida. Há três tipos de ruídos: físico (tudo que interfere fisicamente na transmissão da mensagem), psicológico (idéias preconcebidas) e semântico (significados mal-entendidos).

Lucia Santaella (Comunicação & Pesquisa; págs: 84, 88, 91 e 93)

10 de março de 2017

BLINK-182


01 - Carousel - [Cheshire Cat: 1995]
02 - Peggy Sue - [Cheshire Cat: 1995]
03 - Cacophony - [Cheshire Cat: 1995]
04 - Pathetic - [Dude Ranch: 1997]
05 - Voyeur - [Dude Ranch: 1997]
06 - Dammit - [Dude Ranch: 1997]
07 - Dick Lips - [Dude Ranch: 1997]
08 - Untitled - [Dude Ranch: 1997]
09 - A New Hope - [Dude Ranch: 1997]
10 - Dumpweed - [Enema Of The State: 1999]
11 - Don't Leave Me - [Enema Of The State: 1999]
12 - Aliens Exist - [Enema Of The State: 1999]
13 - Going Away To College - [Enema Of The State: 1999]
14 - What's My Age Again? - [Enema Of The State: 1999]
15 - Adam's Song - [Enema Of The State: 1999]
16 - All The Small Things - [Enema Of The State: 1999]
17 - Wendy Clear - [Enema Of The State: 1999]
18 - Man Overboard - [The Mark, Tom & Travis Show: 2000]
19 - Anthem Part Two - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
20 - Online Songs - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
21 - First Date - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
22 - Happy Holidays, You Bastard - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
23 - Story Of A Lonely Guy - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
24 - The Rock Show - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
25 - Stay Together For The Kids - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
26 - Roller Coaster - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
27 - Reckless Abandon - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
28 - Everytime I Look For You - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
29 - Give Me One Good Reason - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
30 - Shut Up - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
31 - Please Take Me Home - [Take Off Your Pants And Jacket: 2001]
32 - I Miss You - [Blink-182: 2003]
33 - Always - [Blink-182: 2003]
34 - Here's Your Letter - [Blink-182: 2003]
35 - Heart's All Gone - [Neighborhoods: 2011]
36 - Cynical - [California: 2016]
37 - She's Out Her Mind - [California: 2016]
38 - Sober - [California: 2016]
39 - Built This Pool - [California: 2016]
40 - No Future - [California: 2016]
41 - Kings Of The Weekend - [California: 2016]
42 - Left Alone - [California: 2016]
43 - Rabbit Hole - [California: 2016]
44 - The Only Thing That Matters - [California: 2016]
45 - Brohemian Rhapsody - [California: 2016]

LITA FORD


01 - Out For Blood - [Out For Blood: 1983]
02 - Stay With Me Baby - [Out For Blood: 1983]
03 - Just A Feeling - [Out For Blood: 1983]
04 - Ready, Willing And Able - [Out For Blood: 1983]
05 - Die For Me Only (Black Widow) - [Out For Blood: 1983]
06 - If You Can't Live With It - [Out For Blood: 1983]
07 - On The Run - [Out For Blood: 1983]
08 - Any Way That You Want Me - [Out For Blood: 1983]
09 - I Can't Stand It - [Out For Blood: 1983]
10 - Gotta Let Go - [Dancin' On The Edge: 1984]
11 - Dancin' On The Edge - [Dancin' On The Edge: 1984]
12 - Dressed To Kill - [Dancin' On The Edge: 1984]
13 - Hit 'N Run - [Dancin' On The Edge: 1984]
14 - Lady Killer - [Dancin' On The Edge: 1984]
15 - Still Waitin' - [Dancin' On The Edge: 1984]
16 - Fire In My Heart - [Dancin' On The Edge: 1984]
17 - Don't Let Me Down Tonight - [Dancin' On The Edge: 1984]
18 - Back To The Cave - [Lita: 1988]
19 - Can't Catch Me - [Lita: 1988]
20 - Blueberry - [Lita: 1988]
21 - Kiss Me Deadly - [Lita: 1988]
22 - Falling In And Out Of Love - [Lita: 1988]
23 - Under The Gun - [Lita: 1988]
24 - Broken Dreams - [Lita: 1988]
25 - Close My Eyes Forever (Com Ozzy Osbourne) - [Lita: 1988]
26 - Stiletto - [Stiletto: 1990]
27 - Lisa - [Stiletto: 1990]
28 - Only Women Bleed - [Stiletto: 1990]
29 - Bad Boy - [Stiletto: 1990]
30 - Aces And Eights - [Stiletto: 1990]
31 - Cherry Red - [Stiletto: 1990]
32 - Larger Than Life - [Dangerous Curves: 1991]
33 - What Do You Know About Love - [Dangerous Curves: 1991]
34 - Shot Of Poison - [Dangerous Curves: 1991]
35 - Bad Love - [Dangerous Curves: 1991]
36 - Playin' With Fire - [Dangerous Curves: 1991]
37 - Hellbound Train - [Dangerous Curves: 1991]
38 - Black Widow - [Dangerous Curves: 1991]
39 - Little Too Early - [Dangerous Curves: 1991]
40 - Holy Man - [Dangerous Curves: 1991]
41 - Tambourine Dream - [Dangerous Curves: 1991]
42 - Loverman - [Black: 1995]
43 - Killin' Kind - [Black: 1995]
44 - Hammerhead - [Black: 1995]
45 - Boilin' Point - [Black: 1995]
46 - Where Will I Find My Love Tonight - [Black: 1995]
47 - War Of The Angels - [Black: 1995]
48 - Spider Monkeys - [Black: 1995]
49 - Nobody's Child - [Black: 1995]
50 - Love - [Wicked Wonderland: 2009]
51 - Push - [Wicked Wonderland: 2009]
52 - Branded - [Living Like A Runaway: 2012]
53 - Hate - [Living Like A Runaway: 2012]
54 - The Mask - [Living Like A Runaway: 2012]
55 - Living Like A Runaway - [Living Like A Runaway: 2012]
56 - Relentless - [Living Like A Runaway: 2012]
57 - Luv 2 Hate You - [Living Like A Runaway: 2012]
58 - The Bitch Is Back - [Living Like A Runaway: 2012]
59 - Rotten To The Core - [Time Capsule: 2016]
60 - Little Wing (Instrumental) - [Time Capsule: 2016]
61 - King Of The Wild Wind - [Time Capsule: 2016]
62 - Anything For The Thrill - [Time Capsule: 2016]

9 de março de 2017

BON JOVI


01 - Runaway - [Bon Jovi: 1984]
02 - Shot Through The Heart - [Bon Jovi: 1984]
03 - Love Lies - [Bon Jovi: 1984]
04 - Breakout - [Bon Jovi: 1984]
05 - Burning For Love - [Bon Jovi: 1984]
06 - You Give Love a Bad Name - [Slippery When Wet: 1986]
07 - Livin' On a Player - [Slippery When Wet: 1986]
08 - Social Disease - [Slippery When Wet: 1986]
09 - Wanted Dead Or Alive - [Slippery When Wet: 1986]
10 - Raise Your Hands - [Slippery When Wet: 1986]
11 - Never Say Goodbye - [Slippery When Wet: 1986]
12 - Lay Your Hands On Me - [New Jersey: 1988]
13 - Bad Medicine - [New Jersey: 1988]
14 - Born To Be My Baby - [New Jersey: 1988]
15 - Blood on Blood - [New Jersey: 1988]
16 - Wild is The Wind - [New Jersey: 1988]
17 - I'll Be There For You - [New Jersey: 1988]
18 - Love For Sale - [New Jersey: 1988]
19 - Keep The Faith - [Keep The Faith: 1992]
20 - In These Arms - [Keep The Faith: 1992]
21 - Bed of Roses - [Keep The Faith: 1992]
22 - Woman in Love - [Keep The Faith: 1992]
23 - Blame It On The Love of Rock & Roll - [Keep The Faith: 1992]
24 - Something For The Rain - [These Days: 1995]
25 - The Ain't a Love Song - [These Days: 1995]
26 - These Days - [These Days: 1995]
27 - Heart Breaking Even - [These Days: 1995]
28 - If That's What It Takes - [These Days: 1995]
29 - Bitter Wine - [These Days: 1995]
30 - I Thank You - [Fields Of Fire (rarities): 1997]
31 - Mrs. Robinson - [Fields Of Fire (rarities): 1997]
32 - Rosie - [Fields Of Fire (rarities): 1997]
33 - How Long Has This Been Going On - [Fields Of Fire (rarities): 1997]
34 - It's My Life - [Crush: 2000]
35 - Thank You For Loving Me - [Crush: 2000]
36 - Two Story Town - [Crush: 2000]
37 - One Wild Night - [Crush: 2000]
38 - Undivided - [Bounce: 2002]
39 - Everyday - [Bounce: 2002]
40 - Misunderstood - [Bounce: 2002]
41 - All About Lovin' You - [Bounce: 2002]
42 - Hook Me Up - [Bounce: 2002]
43 - No Regrets - [Bounce: 2002]
44 - Standing - [Bounce: 2002]
45 - Have a Nice Day - [Have a Nice Day: 2005]
46 - Last Man Standing - [Have a Nice Day: 2005]
47 - Who Says You Can't Go Home - [Have a Nice Day: 2005]
48 - Whole Lot of Leavin' - [Lost Highway: 2007]
49 - We Got It Going On - [Lost Highway: 2007]
50 - One Step Closer - [Lost Highway: 2007]
51 - Work For The Working Man - [The Circle: 2009]
52 - Bullet - [The Circle: 2009]
53 - Thorn In My Side - [The Circle: 2009]
54 - Happy Now - [The Circle: 2009]
55 - Because We Can - [What About Now: 2013]
56 - Every Road Leads Home To You - [What About Now: 2013]
57 - This House Is Not For Sale - [This House Is Not For Sale: 2016]
58 - Born Again Tomorrow - [This House Is Not For Sale: 2016]
59 - Roller Coaster - [This House Is Not For Sale: 2016]
60 - The Devil's In The Temple - [This House Is Not For Sale: 2016]
61 - We Don't Run - [This House Is Not For Sale: 2016]

ERIC CLAPTON


01 - Bad Boy - [Eric Clapton: 1970]
02 - Easy Now - [Eric Clapton: 1970]
03 - Bottle Of Red Wine - [Eric Clapton: 1970]
04 - Lovin' You Lovin' Me - [Eric Clapton: 1970]
05 - Told You For The Last Time - [Eric Clapton: 1970]
06 - I Shot The Sheriff - [461 Ocean Boulevard: 1974]
07 - I Can't Hold Out - [461 Ocean Boulevard: 1974]
08 - Please Be With Me - [461 Ocean Boulevard: 1974]
09 - Give Me Strength - [461 Ocean Boulevard: 1974]
10 - Swing Low Sweet Chariot - [There's One In Every Crowd: 1975]
11 - Don't Blame Me - [There's One In Every Crowd: 1975]
12 - The Sky Is Crying - [There's One In Every Crowd: 1975]
13 - Better Make It Through Today - [There's One In Every Crowd: 1975]
14 - Pretty Blue Eyes - [There's One In Every Crowd: 1975]
15 - All Our Past Times - [No Reason To Cry: 1976]
16 - Hello Old Friend - [No Reason To Cry: 1976]
17 - Double Trouble - [No Reason To Cry: 1976]
18 - Innocent Times - [No Reason To Cry: 1976]
19 - Hungry - [No Reason To Cry: 1976]
20 - Black Summer Rain - [No Reason To Cry: 1976]
21 - Wonderful Tonight - [Slowhand: 1977]
22 - May You Never - [Slowhand: 1977]
23 - Watch Out For Lucy - [Backless: 1978]
24 - Early In The Morning - [Backless: 1978]
25 - Golden Ring - [Backless: 1978]
26 - Tulsa Time - [Backless: 1978]
27 - Something Special - [Another Ticket: 1981]
28 - Blow Wind Blow - [Another Ticket: 1981]
29 - I Can't Stand It - [Another Ticket: 1981]
30 - Hold Me Lord - [Another Ticket: 1981]
31 - Catch Me If You Can - [Another Ticket: 1981]
32 - The Shape You're In - [Money And Cigarettes: 1983]
33 - Ain't Going Down - [Money And Cigarettes: 1983]
34 - I've Got A Rock N' Roll Heart - [Money And Cigarettes: 1983]
35 - Man In Love - [Money And Cigarettes: 1983]
36 - Crazy Country Hop - [Money And Cigarettes: 1983]
37 - She's Waiting - [Behind The Sun: 1985]
38 - Same Old Blues - [Behind The Sun: 1985]
39 - Forever Man - [Behind The Sun: 1985]
40 - It All Depends - [Behind The Sun: 1985]
41 - Just Like A Prisoner - [Behind The Sun: 1985]
42 - It's In The Way That You Use It - [August: 1986]
43 - Bad Influence - [August: 1986]
44 - Hold On - [August: 1986]
45 - Holy Mother - [August: 1986]
46 - Running On Faith - [Journeyman: 1989]
47 - Hard Times - [Journeyman: 1989]
48 - No Alibis - [Journeyman: 1989]
49 - Old Love - [Journeyman: 1989]
50 - Before You Accuse Me (Take a Look at Yourself) - [Journeyman: 1989]
51 - Tears In Heaven - [Unplugged: 1992]
52 - Nobody Knows You When You're Down & Out - [Unplugged: 1992]
53 - Layla - [Unplugged: 1992]
54 - Running - [Unplugged: 1992]
55 - Walkin` Blues - [Unplugged: 1992]
56 - Alberta - [Unplugged: 1992]
57 - Maltrd Milk - [Unplugged: 1992]
58 - Blues Before Sunrise - [From The Cradle: 1994]
59 - Reconsider Baby - [From The Cradle: 1994]
60 - Hoochie Coochie Man - [From The Cradle: 1994]
61 - Five Long Years - [From The Cradle: 1994]
62 - I'm Tore Down - [From The Cradle: 1994]
63 - Blues Leave Me Alone - [From The Cradle: 1994]
64 - Sinner's Prayer - [From The Cradle: 1994]
65 - It Hurts Me Too - [From The Cradle: 1994]
66 - Someday After A While - [From The Cradle: 1994]
67 - I Shot The Sheriff (Ao Vivo/1996) - [Live In Hyde Park: 1996]
68 - My Father's Eyes - [Pilgrim: 1998]
69 - Born In Time - [Pilgrim: 1998]
70 - Sick And Tired - [Pilgrim: 1998]
71 - Ten Long Years (Com B.B. King) - [Riding With The King: 2000]
72 - Got You On My Mind - [Reptile: 2001]
73 - Come Back Baby - [Reptile: 2001]
74 - I Ain't Gonna Stand For It - [Reptile: 2001]
75 - Superman Inside - [Reptile: 2001]
76 - Cocaine (Ao Vivo/2002) - [One More Car, One More Rider: 2002]
77 - When You Got a Good Friend - [Me And Mr. Johnson: 2004]
78 - Me And The Devil Blues - [Me And Mr. Johnson: 2004]
79 - Love In Vain - [Me And Mr. Johnson: 2004]
80 - 32-20 Blues - [Me And Mr. Johnson: 2004]
81 - Sweet Home Chicago - [Sessions For Robert J.: 2004]
82 - Little Queen Of Spades - [Sessions For Robert J.: 2004]
83 - Kind Hearted Woman Blues - [Sessions For Robert J.: 2004]
84 - So Tired - [Back Home: 2005]
85 - Revolution - [Back Home: 2005]
86 - Lost And Found - [Back Home: 2005]
87 - One Track Mind - [Back Home: 2005]
88 - It's Easy (Com J.J. Cale) - [The Road To Escondido: 2006]
89 - Three Little Girls (Com J.J. Cale) - [The Road To Escondido: 2006]
90 - Don't Cry Sister (Com J.J. Cale) - [The Road To Escondido: 2006]
91 - Diamonds Made From Rain - [CLAPTON: 2010]
92 - When Somebody Thinks You're Wonderful - [CLAPTON: 2010]
93 - Further On Down The Road - [Old Sock: 2013]
94 - Till Your Well Runs Dry - [Old Sock: 2013]
95 - Every Little Thing - [Old Sock: 2013]
96 - Alabama Woman Blues - [I Still Do: 2016]
97 - Can't Let You Do It - [I Still Do: 2016]
98 - I Will Be There - [I Still Do: 2016]
99 - Spiral - [I Still Do: 2016]
100 - Cypress Grove - [I Still Do: 2016]
101 - Little Man, You've Had A Busy Day - [I Still Do: 2016]
102 - Stones In My Passway - [I Still Do: 2016]
103 - I Dreamed I Saw St. Augustine - [I Still Do: 2016]
104 - I'll Be Seeing You - [I Still Do: 2016]

6 de março de 2017

CYPHERPUNK


Um Cypherpunk é alguém interessado nos usos da criptografia por cifras eletrônicas para aumentar a privacidade pessoal e - nas palavras dos próprios - "proteger-se contra a tirania de estruturas de poder centralizadoras e autoritárias, especialmente o governo". Não confundir com Cyberpunk, um grupo totalmente diferente.

Pierre Lévy (Cibercultura; pág: 263)

ARPA (AGÊNCIA DO DEPARTAMENTO DE DEFESA DOS ESTADOS UNIDOS)


O objetivo da ARPA era criar um sistema [Arpanet] capaz de ligar computadores geograficamente distantes entre si através de um conjunto de protocolos (programas) recentemente desenvolvido, chamado TCP/IP [Protocolo de controle de transmissão/Protocolo de Internet]. A tecnologia desenvolvida para a Arpanet foi colocada à disposição das universidades e centros de pesquisa e formou o embrião da Internet.

Pierre Lévy (Cibercultura; pág: 261)

DESLOCAMENTO DO CENTRO DE GRAVIDADE INFORMACIONAL

Instrumentos automáticos ou semiautomáticos de filtragem, de navegação e de orientação no conteúdo das redes e das memórias permitirão que cada um obtenha rapidamente a informação que lhe seja mais pertinente. O que não implica, necessariamente, o surgimento de antolhos eletrônicos, já que "mais pertinente" pode ser, se eu quiser, algo que me afaste de meus temas habituais. Essas novas capacidades de filtragem fina e pesquisa automática em grandes massas de informações tornarão provavelmente cada vez menos úteis os "resumos" destinados ao menor denominador comum das massas anônimas. Deslocarão o "centro de gravidade informacional" para o indivíduo ou o grupo em busca de informações.

Pierre Lévy (Cibercultura; pág: 248)

LÍDERES DE OPINIÃO


Exemplo rápido do jornalismo especializado em automóveis, diante de um grande esforço de lançamento de um modelo por uma montadora: por mais que a propaganda preconize as maravilhas da nova tecnologia embarcada e seus resultados, se a imprensa especializada der um forte parecer contrário, há um enorme risco de todo aquele esforço ser transformado em fracasso.

Armando Sant'Anna, Ismael Rocha e Luiz Dabul (Propaganda: Teoria-Técnica-Prática; pág: 5)

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

O indivíduo, embora continue sendo anônimo, na maioria das vezes, para o comunicador, poucas vezes é anônimo no seu ambiente social. Geralmente, é membro de uma rede de agrupamentos primários e secundários - família, grupos de amizade, círculos ocupacionais, e assim por diante - que influenciam suas opiniões e atitudes. E não podem deixar de afetar a maneira como o indivíduo é exposto à comunicação de massa: como ele interpreta, como reage a qualquer comunicação específica, e até onde pode ou poderá modificar seu comportamento em obediência à mensagem.

Armando Sant'Anna, Ismael Rocha e Luiz Dabul (Propaganda: Teoria-Técnica-Prática; pág: 4)

COMUNICAÇÃO DE MASSA


A transmissão em rede nacional de uma convenção política é comunicação de massa; a transmissão, em circuito fechado, das operações de uma linha de montagem industrial, controlada por um engenheiro, não. Um filme de Hollywood é comunicação de massa; um filme doméstico, sobre as férias da família, não o é, se sua exibição for restrita. Massa (em que há um grupo com alguma característica comum, mas se desconhecem as características de cada indivíduo).

O sociólogo Herbert Blumer (in Cohn, 1978) separa quatro componentes sociológicos que, em conjunto, identificam a massa. Primeiro: seus membros podem vir de qualquer profissão e de todas as camadas sociais. A massa pode incluir pessoas de diversas posições sociais, de diferentes vocações, de variados níveis culturais e de riqueza. Segundo: a massa é um grupo anônimo ou, mais exatamente, composto de indivíduos anônimos. Terceiro: existe pouca interação ou troca de experiências entre os membros da massa, exceto quando fazem parte de um clube de compras e trocam experiências sobre o que compram e o uso que fazem dos produtos (a internet criou um novo conceito dentro do processo de integração de consumidores: quando nos nichos, ou até em "nano-nichos", os consumidores se conhecem e se retroalimentam com informações e opiniões sobre produtos e serviços adquiridos). Por fim, o Quarto componente sociológico: a massa é frouxamente organizada e não é capaz de agir de comum acordo e com a unidade que caracteriza a multidão.

Armando Sant'Anna, Ismael Rocha e Luiz Dabul (Propaganda: Teoria-Técnica-Prática; págs: 2, 3 e 4)