27 de fevereiro de 2016

LIMP BIZKIT


01 - Clunk - [Three Dollar Bill Y'All$: 1997]
02 - I'm Broke - [Significant Other: 1999]
03 - Nobody Like You - [Significant Other: 1999]
04 - No Sex - [Significant Other: 1999]
05 - My Generation - [Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water: 2000]
06 - My Way - [Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water: 2000]
07 - Rollin' (Air Raid Vehicle) - [Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water: 2000]
08 - Take A Look Around - [Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water: 2000]
09 - Boiler - [Chocolate Starfish And The Hot Dog Flavored Water: 2000]
10 - Eat You Alive - [Results May Vary: 2003]
11 - Gimme The Mic - [Results May Vary: 2003]
12 - The Only One - [Results May Vary: 2003]
13 - Head For The Barricade - [Results May Vary: 2003]
14 - Behind Blue Eyes - [Results May Vary: 2003]
15 - Armpit - [Results May Vary: 2003]
16 - Shot - [Results May Vary: 2003]
17 - Gold Cobra - [Gold Cobra: 2011]
18 - Loser - [Gold Cobra: 2011]

26 de fevereiro de 2016

JARS OF CLAY


01 - Liquid - [Jars Of Clay: 1995]
02 - Love Song For A Savior - [Jars Of Clay: 1995]
03 - Like A Child - [Jars Of Clay: 1995]
04 - Flood - [Jars Of Clay: 1995]
05 - Worlds Apart - [Jars Of Clay: 1995]
06 - Tea And Sympathy - [Much Afraid: 1997]
07 - Crazy Times - [Much Afraid: 1997]
08 - Five Candles - [Much Afraid: 1997]
09 - Goodbye, Good Night - [If I Left The Zoo: 1999]
10 - Unforgetful You - [If I Left The Zoo: 1999]
11 - Collide - [If I Left The Zoo: 1999]
12 - No One Loves You Like Me - [If I Left The Zoo: 1999]
13 - Famous Last Words - [If I Left The Zoo: 1999]
14 - Sad Clown - [If I Left The Zoo: 1999]
15 - Hand - [If I Left The Zoo: 1999]
16 - I'm Alright - [If I Left The Zoo: 1999]
17 - Grace - [If I Left The Zoo: 1999]
18 - Can't Erase It - [If I Left The Zoo: 1999]
19 - River Constantine - [If I Left The Zoo: 1999]
20 - Disappear - [The Eleventh Hour: 2002]
21 - Something Beautiful - [The Eleventh Hour: 2002]
22 - Revolution - [The Eleventh Hour: 2002]
23 - Fly - [The Eleventh Hour: 2002]
24 - I Need You - [The Eleventh Hour: 2002]
25 - Silence - [The Eleventh Hour: 2002]
26 - Scarlet - [The Eleventh Hour: 2002]
27 - Whatever She Wants - [The Eleventh Hour: 2002]
28 - The Eleventh Hour - [The Eleventh Hour: 2002]
29 - The Edge Of The Water - [The Eleventh Hour: 2002]
30 - Amazing Grace - [Who We Are Instead: 2003]
31 - Trouble Is - [Who We Are Instead: 2003]
32 - I'm In The Way - [Who We Are Instead: 2003]
33 - It Is Well With My Soul - [Redemption Songs: 2005]
34 - Dead Man (Carry Me) - [Good Monsters: 2006]
35 - Take Me Higher - [Good Monsters: 2006]
36 - Mirrors & Smoke - [Good Monsters: 2006]
37 - Two Hands - [The Long Fall Back To Earth: 2009]
38 - Safe To Land - [The Long Fall Back To Earth: 2009]
39 - Don't Stop - [The Long Fall Back To Earth: 2009]
40 - We Will Follow - [The Shelter: 2010]
41 - Lay It Down - [The Shelter: 2010]
42 - Loneliness & Alcohol - [Inland: 2013]

25 de fevereiro de 2016

OFICINA G3


01 - Você Pirou - [Ao Vivo: 1990]
02 - Mais Que Vencedores - [Nada É Tão Novo, Nada É Tão Velho: 1993]
03 - Deus Eterno - [Nada É Tão Novo, Nada É Tão Velho: 1993]
04 - Naves Imperiais - [Nada É Tão Novo, Nada É Tão Velho: 1993]
05 - Davi - [Indiferença: 1996]
06 - Fé - [Indiferença: 1996]
07 - Magia Alguma - [Indiferença: 1996]
08 - Glória (Instrumental) - [Indiferença: 1996]
09 - Glória - [Indiferença: 1996]
10 - Profecias - [Indiferença: 1996]
11 - Espelhos Mágicos - [Indiferença: 1996]
12 - Novos Céus - [Indiferença: 1996]
13 - Indiferença - [Indiferença: 1996]
14 - Duca's Jam - [Indiferença: 1996]
15 - Contra-Cultura - [Indiferença: 1996]
16 - Your Eyes - [Indiferença: 1996]
17 - Your Eyes II - [Indiferença: 1996]
18 - Não Temas - [Indiferença: 1996]
19 - Rei de Salém - [Indiferença: 1996]
20 - Quem - [Acústico: 1998]
21 - Mi Pastor - [Acústico: 1998]
22 - Autor Da Vida - [Acústico: 1998]
23 - Cante - [Acústico: 1998]
24 - Intro - [O Tempo: 2000]
25 - O Caminho - [O Tempo: 2000]
26 - Atitude - [O Tempo: 2000]
27 - Ele Vive - [O Tempo: 2000]
28 - O Tempo - [O Tempo: 2000]
29 - Preciso Voltar - [O Tempo: 2000]
30 - Perfeito Amor - [O Tempo: 2000]
31 - Necessário - [O Tempo: 2000]
32 - Hey Você - [O Tempo: 2000]
33 - Brasil - [O Tempo: 2000]
34 - Sempre Mais - [O Tempo: 2000]
35 - Ingratidão - [O Tempo: 2000]
36 - Tua Voz - [O Tempo: 2000]
37 - Pulso - [Humanos: 2002]
38 - Onde Está? - [Humanos: 2002]
39 - Apostasia - [Humanos: 2002]
40 - Te Escolhi - [Humanos: 2002]
41 - Eu Sei - [Humanos: 2002]
42 - Ele Se Foi - [Humanos: 2002]
43 - Don't Give 'Up - [Humanos: 2002]
44 - Memórias - [Humanos: 2002]
45 - Minha Luta - [Humanos: 2002]
46 - Simples - [Humanos: 2002]
47 - Até Quando? - [Humanos: 2002]
48 - Desculpas - [Humanos: 2002]
49 - Mais Alto - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
50 - Réu ou Juiz - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
51 - Meu Legado - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
52 - Através da Porta - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
53 - Além Do Que Os Olhos Podem Ver - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
54 - A Lição - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
55 - Lugar Melhor - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
56 - Amanhã - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
57 - Sem Trégua - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
58 - De Olhos Fechados - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
59 - Ver Acontecer - [Além Do Que Os Olhos Podem Ver: 2005]
60 - D.A.G - [Depois Da Guerra: 2008]
61 - Meus Próprios Meios - [Depois Da Guerra: 2008]
62 - Eu Sou - [Depois Da Guerra: 2008]
63 - Meus Passos - [Depois Da Guerra: 2008]
64 - Continuar - [Depois Da Guerra: 2008]
65 - De Joelhos - [Depois Da Guerra: 2008]
66 - Tua Mão - [Depois Da Guerra: 2008]
67 - Muros - [Depois Da Guerra: 2008]
68 - Depois Da Guerra - [Depois Da Guerra: 2008]
69 - A Ele - [Depois Da Guerra: 2008]
70 - Incondicional - [Depois Da Guerra: 2008]
71 - Obediência - [Depois Da Guerra: 2008]
72 - Better - [Depois Da Guerra: 2008]
73 - People Get Ready - [Depois Da Guerra: 2008]
74 - Amo Você - [Som Gospel: 2009]
75 - Água Viva - [Histórias e Bicicletas: Reflexões, Encontros e Esperança: 2013]

KLEBER LUCAS



01 - Não, Não Há - [Rendei Graças: 1996]
02 - Muito Mais de Deus - [Meu Maior Prazer: 1998]
03 - Livres - [Meu Maior Prazer: 1998]
04 - Mais Que Vencedores - [Meu Maior Prazer: 1998]
05 - Purifica-Me - [Meu Maior Prazer: 1998]
06 - Fortalezas de Sião - [Meu Maior Prazer: 1998]
07 - Aba Pai - [Meu Maior Prazer: 1998]
08 - Verdadeiro Amor - [Meu Maior Prazer: 1998]
09 - Luz do Mundo - [Meu Maior Prazer: 1998]
10 - Perdão - [Meu Maior Prazer: 1998]
11 - Só Jesus  - [Meu Maior Prazer: 1998]
12 - Vimos Adorar - [Deus Cuida de Mim: 1999]
13 - No Templo - [Deus Cuida de Mim: 1999]
14 - Maravilhas - [Deus Cuida de Mim: 1999]
15 - Deus Cuida de Mim - [Deus Cuida de Mim: 1999]
16 - Jeová é o Teu Cavaleiro - [Deus Cuida de Mim: 1999]
17 - Cantai Ao Senhor - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
18 - Mais Que Uma Voz - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
19 - Vou Seguir Com Fé - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
20 - Aos Pés Da Cruz - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
21 - Deus Forte - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
22 - Louve - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
23 - Há Uma Unção - [Aos Pés Da Cruz: 2001]
24 - Pra Valer a Pena - [Pra Valer A Pena: 2003]
25 - Não Posso Te Deixar - [Pra Valer A Pena: 2003]
26 - A Palavra - [Pra Valer A Pena: 2003]
27 - Arrebatados - [Pra Valer A Pena: 2003]
28 - Fácil Diferença - [Pra Valer A Pena: 2003]
29 - Nova Criatura - [Pra Valer A Pena: 2003]
30 - Vou Te Buscar - [Pra Valer A Pena: 2003]
31 - Rio De Vida - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
32 - O Melhor Está Por Vir - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
33 - Casa de Davi, Casa de Oração - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
34 - Te Agradeço - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
35 - Alegria Do Senhor - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
36 - Como Ele Nos Amou - [Casa De Davi, Casa De Oração: 2005]
37 - Deixa A Luz Brilhar - [Comunhão Para Aqueles Que Te Amam: 2008]
38 - Resplandece - [Meu Alvo: 2009]
39 - Nossa Bandeira - [O Nosso Deus É Fiel: 2011]
40 - Rei Davi - [O Nosso Deus É Fiel: 2011]

24 de fevereiro de 2016

O CENTRO (UFC & PRIDE)

No octógono, é necessário desenvolver a própria técnica para não ser derrubado. No ringue, ao se desviar, volta-se para o centro na mesma posição. É diferente no octógono, onde se perde o centro com facilidade. Muitos que foram diretamente do Pride para o UFC não se adaptaram tão bem quanto eu. Perdiam o tempo de retomada da posição.


Anderson Silva (Anderson Spider Silva: O Relato de um Campeão nos Ringues e na Vida; pág: 105)

NO STRESS

O estresse diminui a nossa capacidade respiratória, faz nossos músculos se contraírem de tensão, e os pulmões são movidos pelo diafragma. Ele é um dos músculos mais afetados em momentos estressantes - basta perceber como prendemos a respiração ou ficamos ofegantes em situações de susto ou tensão.

O movimento liberta, ativa a respiração e ajuda o metabolismo dos alimentos que ingerimos.


Vitor Belfort (Lições de Garra, Fé e Sucesso; pág: 145)



Procuro não pensar no combate quando chega o dia. A ideia é me desligar daquela atmosfera, retirar o chip. Não adianta ficar preso em casa, preocupado. Minha concentração tem de estar no nível máximo no octógono. Nas horas que antecedem o combate, prefiro me distrair um pouco, sair de casa ou jogar um videogame.


Anderson Silva (Anderson Spider Silva: O Relato de um Campeão nos Ringues e na Vida; pág: 139)

"SEJA ÁGUA, MEU AMIGO"

Quando estou no octógono, levo para lá uma estratégia. Semanas antes da luta, começo a estudar meu adversário e a definir uma forma de combatê-lo. Se inicio o embate e percebo que minha estratégia está funcionando, não tenho motivos para mudar. Mas fico atento o tempo inteiro, pois o outro lutador não é bobo. Ele também é capaz de mudar sua maneira de lutar caso perceba que não está se saindo bem, E, se fizer isso, preciso estar alerta. Se for necessário, também vou mudar para manter minha vantagem e surpreender o adversário. Mas só farei isso se for preciso.


Vitor Belfort (Lições de Garra, Fé e Sucesso; pág: 117)



Um lutador de alto nível não perde porque é ruim, sentiu medo ou desistiu. Quase sempre ele perde porque o oponente usou uma estratégia mais inteligente.


Anderson Silva (Anderson Spider Silva: O Relato de um Campeão nos Ringues e na Vida; pág: 74)

TANQUE DOS TUBARÕES

O sparring de MMA envolve técnicas de jiu-jitsu, muay thai, boxe, wrestling (quedas), strike (ataque), luta grego-romana e caratê. Existe um sparring chamado Shark Tank (tanque de tubarões), que costuma ser realizado no período de camp: dentro do octógono, os treinadores, cada um durante um minuto, atacam o lutador. Um utiliza socos; outro, chutes; outro o imprensa contra a grade; outro o derruba no chão e ele tem de se levantar. Isso se repete ao longo de 15 minutos, meia hora, até o limite físico e psicológico do atleta. Ele vai cansar, vai querer desistir, mas precisa encontrar uma razão para continuar. Faço esse treino várias vezes antes de qualquer luta, pelo menos uma vez por semana.

Vou dar uma dica: quando começar a se sentir cansado e desanimado, se lembre de que tudo passa, e esta luta também passará. E que o mais importante não é ganhar ou perder, mas ser fiel aos seus valores.


Vitor Belfort (Lições de Garra, Fé e Sucesso; págs: 146 e 214)

90% DE INTUIÇÃO

Ao longo do treinamento de MMA, por exemplo, somos exigidos 90% fisicamente e 10% mentalmente. Na hora da luta, eu diria que essa proporção se inverte: precisamos estar 90% preparados na mente e deixar que o corpo cumpra os outros 10%. Creio que em toda profissão é assim. No início, ficamos preocupados em aprender as técnicas - é importante fazer isso pra dominar os instrumentos de trabalho, sejam eles quais forem -, mas depois é a intuição que deve mandar mais.

Um dos treinamentos que devemos priorizar é o exercício da intuição, pois ela nos ajuda a tomar decisões. Uma dica: para deixar a intuição agir é preciso pensar menos e sentir mais.


Vitor Belfort (Lições de Garra, Fé e Sucesso; pág: 142)

MADAME SAATAN


01 - Gotas Em Caos de Selva Avenida - [Madame Saatan: 2007]
02 - Molotov - [Madame Saatan: 2007]
03 - Apocalipse - [Madame Saatan: 2007]
04 - Messalina Blues - [Madame Saatan: 2007]
05 - Prometeu - [Madame Saatan: 2007]
06 - Fúria - [Peixe Homem: 2011]
07 - Sete Dias - [Peixe Homem: 2011]
08 - Rio Vermelho - [Peixe Homem: 2011]
09 - Sonâmbula - [Peixe Homem: 2011]

LINKIN PARK


01 - Papercut - [Hybrid Theory: 2000]
02 - One Step Closer - [Hybrid Theory: 2000]
03 - With You - [Hybrid Theory: 2000]
04 - Points Of Authority - [Hybrid Theory: 2000]
05 - Crawling - [Hybrid Theory: 2000]
06 - Runaway - [Hybrid Theory: 2000]
07 - By Myself - [Hybrid Theory: 2000]
08 - In The End - [Hybrid Theory: 2000]
09 - A Place For My Head - [Hybrid Theory: 2000]
10 - Forgotten - [Hybrid Theory: 2000]
11 - Pushing Me Away - [Hybrid Theory: 2000]
12 - Somewhere I Belong - [Meteora: 2003]
13 - Faint - [Meteora: 2003]
14 - Figure.09 - [Meteora: 2003]
15 - Numb - [Meteora: 2003]
16 - Shadow Of The Day - [Minutes To Midnight: 2007]
17 - What I've Done - [Minutes To Midnight: 2007]
18 - In Pieces - [Minutes To Midnight: 2007]
19 - Burning In The Skies - [A Thousand Suns: 2010]
20 - Waiting For The End - [A Thousand Suns: 2010]
21 - In My Remains - [Living Things: 2012]
22 - Burn It Down - [Living Things: 2012]
23 - Until It's Gone - [The Hunting Party: 2014]
24 - Rebellion (Feat. Daron Malakian) - [The Hunting Party: 2014]

19 de fevereiro de 2016

EM DEFESA DO MURO




Em algum lugar no seu guarda-roupa, eu estaria disposto a apostar,
que há uma camiseta provavelmente com a silhueta de Che Guevara.

Ele foi revolucionário, sim, tinha um chapéu bem legal mas
por trás do design, acredito que vai descobrir que não é tão
simples assim.

Che era meio homofóbico, Che era meio homofóbico.
Che era meio homofóbico, Che era meio homofóbico. [2x]

Essa é minha música em defesa do muro, uma pequena música,
um hino à ambivalência, quanto mais você sabe, mais difícil vai ser
decidir sobre algo, realmente não importa se você buscar, você não
pode ver qual grama é a mais verde, as chances são que nenhuma das
duas sejam e de qualquer forma é mais fácil ver a diferença quando
se está sentado em cima do muro.

Em algum lugar em sua casa, eu estaria disposto a apostar, que há
uma imagem de um hippy risonho do Tibete - o Dalai Lama.
Ele é um cara adorável e engraçado, é bastante citado mas não
vamos esquecer que no passado no Tibet esses monges safados
costumavam sacanear os pobres, yeah.

E a linha budista sobre vidas futuras é a maneira perfeita de
impedir que os mais fracos melhorem de vida.

E ele diz que os pobres vão viver de novo mas ele é rico
agora, por isso é fácil para ele dizer.

Estou tocando em defesa do muro, eu tenho uma pequena banda
tocando hinos à ambivalência. Dividimos o mundo em terroristas
e heróis, em pessoas normais e esquisitos, em gente boa e
pedófilos, em coisas que lhe dão câncer e coisas que curam
câncer, e as coisas que não causam câncer mas há uma chance de
que causem câncer no futuro. Dividimos o mundo para parar de nos
sentirmos assustados. Entre errado e correto, entre preto e branco e
entre homens de verdade e fadas, entre status quo e assustador, sim,
queremos um mundo binário, binário, mas não é tão simples assim.

E o seu cão tem uma pegada de carbono maior do que um veículo 4x4. [3x]
E seu bebê também, talvez você deva trocá-lo por um prius.

Rock!

Estou tocando em defesa do muro, eu tenho uma pequena banda tocando
homenagens à ambivalência. Dividimos o mundo em liberais e viciados
em armas, em ateus e fundies, em abstêmios e drogados, entre químicos
e naturais, em ficcional e factual, em ciência e sobrenatural mas na verdade
não é tudo assim tão preto no branco. Você vai nos dividir em terroristas e
heróis, em pessoas normais e esquisitos, em pessoas boas e pedófilos, em
coisas que lhe dão câncer e coisas que curam câncer, e as coisas que não
causam câncer mas há uma chance que causem câncer no futuro.
Dividimos o mundo para parar de nos sentirmos assustados, entre errado
e correto, entre preto e branco e entre homens de verdade e fadas, em
papagaios e canários, sim, nós queremos o mundo binário, binário 011101

Quanto mais você sabe, mais fica difícil, de mudar de ideia, nem faz
diferença você achar que não, não dá pra ver qual grama é mais verde, as
chances são de que nenhuma das duas são e de qualquer forma é mais fácil
ver a diferença, porque não é tão simples assim.


Tim Minchin (The Fence)



* Tradução da letra no video - Clarion de Laffalot

12 de fevereiro de 2016

SEU OPONENTE MAIS DIFÍCIL



- Vê este cara aqui te olhando?

- Sim.

- É o seu oponente mais difícil. Sempre que entra no ringue, é com ele que vai lutar. Acredito nisso no boxe e na vida, percebe?

Agora lança um direto no queixo. Isso, um no estômago.
Cada vez que golpeia este cara, o que ele faz?

- Está me devolvendo.

- Isso mesmo. Portanto ou bloqueia, escapa, ou sai do caminho. Vai.

Vou deixá-los a sós por um tempo.

Boa sorte.


Creed: Nascido Para Lutar (Filme)




Se você quiser ser uma pessoa melhor, precisa olhar para dentro de si mesmo e se superar: você é seu pior inimigo. Sei que eu sou meu pior inimigo - o único cara que quer me matar sou eu mesmo.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 484)

PAIXÃO E LUTA

Não existe no mundo um esporte mais apaixonante que lutar, quando é realizado corretamente. As artes marciais são mais populares do que o boxe hoje em dia porque se vê muita paixão nos tatames. Os pugilistas não têm mais essa paixão. Não existe mais um cara que diga de coração: "Os deuses não só me atiçam e me enfurecem, como um dia eu vou reinar ao lado deles". Os caras de hoje não falam essas merdas, não têm colhões,eles vêm de um ambiente muito frouxo para entender minha realidade. E se recusam a dizer coisas assim porque têm medo de falhar e depois todo mundo rir deles. É por isso que os lutadores de hoje não conseguem um respeito total. Eles têm medo de agarrar a verdadeira grandeza. Eles veem o boxe como um cheque, não como algo nobre. Só querem dinheiro e idolatria. Eu queria idolatria e imortalidade.

A essência de um lutador que empolga é a habilidade e a disposição que ele tem de querer machucar outro homem. Isso gera ótimas lutas e grandes estrelas. Quando eu estava no ringue, agia como um animal, como um cachorro raivoso. Eu estava lá para divertir o público.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 475)

ISLÃ E HUMANIDADE

Num primeiro momento, quando eu me envolvi com o Islã na cadeia, eu era muito agressivo e me tornei um muçulmano muito radical. Eu era violento demais e projetava essa violência em minha religião. O Islã não tem nada a ver com guerras, é uma religião de humanidade. Não pensava assim no começo, porque eu era agressivo; quem não acreditasse no que eu acreditava era um inimigo. Só estava muito amargo em relação ao mundo; tive de pesquisar e estudar muito até descobrir que não era bem assim que funcionava. Foi por isso que me tornei mais humilde e subserviente, porque é isso que o Islã realmente é: amor, paz e resignação. Resignar-se em paz não significa que você é fraco, mas que você é humilde perante Deus.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 469)

DISPOSIÇÃO

No passado, eu já tinha adiado diversas lutas como uma tática para confundir a cabeça dos meus adversários. Quando eles estavam todos animados, prontos para lutar, eu vinha e adiava a luta, e depois eles nunca voltavam com a mesma disposição. Eles achavam que eu estava treinando pesado, porque ficava o dia todo na academia, mas na verdade eu não estava fazendo nada. Então, eu aparecia com a cara arrebentada antes da nova data, e eles já tinham perdido o pique. Foi um truque que Cus me ensinou.

"Cus tinha me ensinado: você deve sempre criar um ambiente em que possa ser o que os outros não podem; você dita as regras. Essa era mais uma de suas estratégias de guerra psicológica. Ele era cheio dessa coisa de confundir o inimigo."

Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; págs: 272 e 433)

11 de fevereiro de 2016

CAFETINAGEM SEGUNDO ICEBERG SLIM

"Cafetinagem é quando você está no controle de todos os elementos, tipo agora. Sei de tudo que está acontecendo. Cafetinagem não tem nada a ver com a mulher. A cafetinagem traz a mulher, atrai a mulher, e ela sabe o que fazer. Para que a cafetinagem a atraia, ela tem de estar nessa vida. Elas são magnetizadas; a cafetinagem é feita por magnetismo. Não tem nada a ver com obrigar mulheres a fazerem o que você quer, pois elas sabem o que fazer. Estão automaticamente nessa vida, são atraídas pelo magnetismo da cafetinagem, e é isso, tudo se abre para você. Elas lhe trazem dinheiro, tudo acontece. Todos esses jovens falando sobre o que estão fazendo e quem estão espancando. Não é assim. A mulher escolhe; isso é por escolha, e não por força."


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 141)

VILÃO E HERÓI

Queriam que eu fosse um herói, mas eu queria ser um vilão. Um vilão sempre é lembrado, mesmo quando não é melhor do que o herói. Embora o herói o mate, é ele quem faz do herói um herói. O vilão é imortal. Além disso, eu sabia que a imagem de herói do Joe Louis era fabricada. Na vida real, ele gostava de cheirar cocaína e transar com um monte de garotas.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 117)

ARENAS E LUTADORES

Cus já tinha me mandado para assistir a grandes lutas por todo o país, para me familiarizar com as arenas. "Faça dessa arena sua casa, conheça essa arena, conheça esse lugar como a palma da sua mão", dizia. "Você vai viver aqui por muito tempo, então trate de se acostumar." Quando saía com lutadores famosos, também me levava junto. Cus me punha sentado com os caras num restaurante, para que eu me familiarizasse e nunca ficasse intimidado com um lutador.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 93)

QUE DIABO ESTOU FAZENDO AQUI?

"A pessoa morre quando não quer mais viver. A natureza é mais esperta do que pensamos. Pouco a pouco, vamos perdendo nossos amigos com quem nos importamos e vamos perdendo nosso interesse, até que, finalmente, dizemos: 'Que diabo estou fazendo aqui? Não tenho razão alguma para seguir em frente".

Cus D'Amato

Quando você nunca teve nada, tende a querer acumular mais do que pode. Porém, conforme vai ficando mais velho, você percebe que a vida não foi feita para acumular, mas para perder. Perdemos nosso cabelo, nossos dentes, perdemos as pessoas que amamos. Com sorte, aprendemos a ser fortes com essas perdas e então podemos transmitir nossa sabedoria às pessoas com quem nos importamos.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; págs: 85 e 481)

DESCASCAR-SE


Mike Tyson

"Ensinei-lhe movimentos como os do caratê, de modo que o corpo faria ajustes durante uma luta, mesmo que seu adversário não exigisse isso. Desde o começo, ele tem uma tremenda velocidade, coordenação e senso intuitivo de tempo, o que geralmente vem só depois de dez anos de lutas, porque nos velhos tempos era costume lutar boxe todos os dias."

"Não começo a ensinar até eu descobrir se eles são receptivos. Converso bastante para descobrir que tipo de pessoa é. Assim, no caso do Mike, nós conversamos, e tento descobrir quantas camadas dele tenho de descascar em termos de experiência, prejudicial ou não, até chegar ao homem em si e depois expô-lo para que não só eu o veja, mas para que ele também possa ver. A partir desse ponto, o progresso é mais rápido."

"Quando se desfez das camadas de Mike Tyson, o que encontrou?", perguntou Alex.

Cus hesitou. "Encontrei o que pensei que iria encontrar: basicamente uma pessoa de bom caráter, capaz de fazer o necessário para ser uma grande lutador ou campeão do mundo. Quando reconheci isso, meu trabalho seguinte era fazê-lo ciente dessas qualidades, porque, a menos que ele as conhecesse tão bem quanto eu, isso não iria ajudá-lo muito. A capacidade de aplicar a disciplina, de fazer o que precisa ser feito não importa como se sinta por dentro, em minha opinião, é a definição de um verdadeiro profissional."


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 84 e 85)

ENCARE SUAS LUTAS


John L. Sullivan

"Olhe para os campeões sobre os quais você leu em todos aqueles livros. Em algum momento no início de suas carreiras um bom número deles sofreu derrotas por nocaute. Mas eles nunca desistiram. Eles persistiram. É por isso que você está lendo sobre eles. Os que perderam e desistiram, bem, seus demônios vão segui-los até o túmulo, porque tiveram a chance de enfrentá-los e não o fizeram. Você precisa enfrentar seus demônios, Mike, ou eles vão persegui-lo pela eternidade. Lembre-se: fique sempre atento em como você encara suas lutas, porque a maneira como você encara as lutas será a maneira como você leva sua vida."


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 83)

"SE NÃO É ESPETACULAR, NÃO GOSTAM MAIS DE VOCÊ"

"Mike, este é o mundo real. Você vê todas essas pessoas?", e apontou para todos os oficiais de ringue, os repórteres, os oficiais na arena. "Quando perde, não gostam mais de você. Se não é espetacular, não gostam mais de você. Todos costumavam gostar de mim. Pode acreditar, quando eu tinha os meus 50 anos, mulheres jovens e bonitas me perseguiam por todo lugar. Agora que sou um homem velho, ninguém mais aparece", disse Cus.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 76)

SER UM DOS GRANDES

Cus sabia como me fazer sentir que eu podia conquistar o mundo, mas também sabia como fazer eu me sentir um merda. Às vezes, me dizia: "Você permite que sua mente o domine". Essa era seu código secreto para dizer: "Você é um merdinha medíocre. Você não tem disciplina suficiente para ser um dos grandes nomes". Os grandes nomes conseguiam fazer as melhores lutas de sua vida mesmo se alguém tivesse acabado de sequestrar seu filho ou matar sua mãe. Os grandes são completamente independentes de suas emoções. Não apenas boxeadores são assim, mas também os artistas. Alguns dos lendários artistas sobre os quais li podiam estar com problemas e, ainda assim, serem capazes de ir lá e ter um desempenho recorde. Eles não conseguiam sequer andar, mas tinham muita disciplina e determinação. Às vezes, iam diretamente da arena para um hospital. Eu queria ser um daqueles lutadores e artistas.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 60 e 61)

5 de fevereiro de 2016

FERIR

A gente lutava para ferir as pessoas, não lutava apenas para ganhar. Conversávamos horas e horas sobre ferir pessoas. Isso é o que Cus incutiu em mim. "Você vai estar mandando uma mensagem para o campeão quando estiver lutando, Mike", Cus me dizia. "Ele vai estar te observando." Mas nós também íamos mandar uma boa mensagem para os treinadores, os empresários, os promotores e todo o mundinho do boxe.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 58)

DEFININDO A LUTA


Cus D'Amato e Mike Tyson

Na academia, Cus tinha algumas técnicas bem incomuns e pouco ortodoxas. Algumas pessoas riam do estilo que ele ensinava, mas era porque realmente não o entendiam. Chamavam esse estilo de "esconde-esconde". Era bastante voltado para a defesa. Você fica com as duas mãos em frente ao rosto, quase como se estivesse só se defendendo e esperando pelo momento certo. Suas mãos e cotovelos movimentam-se com você; então, quando o cara dá o soco, você o bloqueia ao mesmo tempo que avança, e aí contra-ataca.

A ofensiva de Cus começava com uma boa defesa. Achava de suma importância seu lutador não ser atingido. Para ensinar a desviar dos socos, usava um saco de pancada slip bag, um saco de lona cheio de areia, pendurado com uma corda. O objetivo era se movimentar em torno dele se esquivando, movendo a cabeça para evitar que batesse em você. Fiquei realmente bom nisso.

Depois, usamos uma coisa chamada Willie, em homenagem ao lutador Willie Pastrano. Era uma estrutura envolta por um colchão coberto de lona. Tinha um desenho de um torso sobre ele. O corpo estava dividido em diferentes zonas, e cada zona tinha um número associado a ela. Os números ímpares eram socos de mão esquerda, os números pares, de mão direita. Então, Cus punha uma fita cassete com ele falando as várias sequências de números. Aí, você ouvia "cinco, quatro" e imediatamente desferia um golpe de esquerda no corpo e um uppercut de direita no queixo. A ideia era que, quanto mais se repetisse essas ações em resposta aos números, mais elas se tornariam instintivas e automáticas e não seria possível pensar conscientemente nelas. Depois de um tempo, conseguiria dar socos com os olhos fechados.

Cus achava que os lutadores eram atingidos por golpes de direita porque ficavam parados e com as luvas muito baixas. Então, em ensinou a me movimentar em U, e não apenas para cima e para baixo. Ele me fazia ficar em movimento constante: para os lados, para a frente e para os lados e para a frente ao mesmo tempo. Quando eu estava golpeando, Cus acreditava que alcançaria o efeito máximo nos socos quando fizesse dois socos parecerem um. Quanto mais próximo conseguisse chegar desse efeito, maior seria a probabilidade de que a combinação de socos resultasse em nocaute.

Ainda que enfatizasse a defesa, Cus sabia que lutadores defensivos podiam ser entediantes.

Cus sempre dizia: "O boxe é entretenimento, logo, para ser bem sucedido, um lutador não deve apenas vencer, mas também vencer de forma empolgante. O boxeador deve dar socos com más intenções". Ele queria que eu fosse um contra-atacante agressivo, forçando meus adversários a golpear ou a correr. Cus estava sempre tentando manipular o adversário no ringue. Quando se fica escapando de seus golpes, eles ficam frustrados e perdem a confiança. E, então, estão perdidos. Esquive-se do soco e contra-ataque. Mova-se e bata ao mesmo tempo. Force a definição da luta. Ele achava que socos curtos poderiam ser mais fortes do que socos longos. Achava que socar forte não tinha nada a ver com alguma coisa física, tudo era emocional. Emoção controlada.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; págs: 56 e 57)

CONFIANÇA

Cus acreditava realmente que, em sua mente, é preciso ser o indivíduo almejado. Se quisesse ser o campeão mundial dos pesos-pesados, deveria começar a viver a vida de um campeão dos pesos-pesados. Eu tinha só 14 anos, mas acreditava de verdade na filosofia do Cus. Sempre treinando, pensando como um gladiador romano, em perpétuo estado de guerra em sua mente, mas no exterior aparentando estar calmo e relaxado. Ele estava praticando e me ensinando a lei da atração mesmo sem saber.

"Todos os dias, em todos os sentidos, vou ficar cada vez melhor". Cus disse que repetia essa frase quando teve catarata agressiva num olho e que ela o tinha feito melhorar. Ele me fez modificar as afirmações conforme minha própria situação. Então, ele me fazia dizer várias vezes durante todo o dia: "Eu sou o melhor lutador do mundo. Ninguém pode me derrotar. O melhor lutador do mundo. Ninguém pode me derrotar". Eu adorava fazer aquilo, adorava me ouvir falar de mim.

O objetivo de todas essas técnicas era aumentar a confiança do lutador. Confiança era tudo. Mas, para obter essa confiança, é preciso testar a si mesmo e se colocar na linha. A coisa não vem por osmose, do nada. Vem da mentalização constante e consistente, que ajuda a desenvolver a confiança que se deseja possuir.

Cus costumava dizer que o motivo para as pessoas serem melhores era o fato de sempre olharem para si mesmas de modo grandioso.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; págs: 47, 48 e 496)

RELAXE ATÉ SE VER OLHANDO PARA SI MESMO


Mike Tyson e Cus D'Amato

O cara perguntou se ele queria um segundo assalto, e Cus disse que ia tentar. Foi lá, e, de repente, sua mente se separou do seu corpo. Ele estava se observando a distância. Os socos que lhe acertavam pareciam vindos de longe. Ele mais os percebia pela mente do que os sentia fisicamente.

Cus me disse que, para ser um grande lutador, é preciso sair da sua mente. Ele me fazia sentar e dizia: "Transcenda. Tenha foco. Relaxe até se ver olhando para si mesmo. E me avise quando chegar lá". Aquilo foi muito importante para mim. Geralmente sou muito levado pelo emocional. Mais tarde, percebi que se não me separasse dos meus sentimentos dentro do ringue iria afundar. Podia acertar um cara com um soco forte e, em seguida, ficar com medo se ele não caísse.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; pág: 47)

MEDO


Muhammad Ali


"Se não tiver o guerreiro espiritual dentro de você, nunca será um lutador. Não importa quão grande e forte seja."

"O medo é o maior obstáculo para a aprendizagem, mas também é seu melhor amigo. O medo é como o fogo: se aprender a controlá-lo, o fará trabalhar para você. Se não aprender a controlá-lo, ele vai destruir você e tudo ao seu redor. Como uma bola de neve numa colina, você pode pegá-la e arremessá-la, ou fazer o que quiser com ela antes que comece a rolar, mas, a partir do momento que ela rolar colina abaixo e se tornar enorme, vai esmagar e matar você. Portanto, jamais permita que o medo se desenvolva e aumente sem controle, porque, se não fizer isso, não vai ser capaz de atingir seu objetivo ou salvar sua vida."

"Pense numa corça atravessando um campo aberto. Ao se aproximar da floresta, de repente, seu instinto lhe diz que existe perigo, pode haver um leão ali. Assim que isso acontece, a natureza aciona seu modo de sobrevivência, em que as glândulas suprarrenais injetam adrenalina na corrente sanguínea, fazendo o coração bater mais rápido, o que permite ao corpo realizar proezas extraordinárias de agilidade e força. Se normalmente a corça pode saltar a 5 metros de distância, a adrenalina permite que o primeiro salto seja de 12 ou 15 metros, o suficiente para escapar do perigo iminente. Com o ser humano não é diferente. Quando confrontado com uma situação de intimidação ou medo de se ferir, a adrenalina acelera o coração. Sob a influência das glândulas suprarrenais, as pessoas podem realizar proezas extraordinárias de força."

"Acha que sabe a diferença entre um herói e um covarde, Mike? Bem, não há diferença alguma entre um herói e um covarde naquilo que sentem. É o que fazem que os torna diferentes. O herói e o covarde sentem exatamente a mesma coisa, mas é preciso ter a disciplina para fazer o que um herói faz e para evitar fazer o que o covarde faz."

"Sua mente não é sua amiga, Mike. Espero que saiba disso. Você tem de lutar com sua mente, controlá-la, colocá-la em seu devido lugar. Tem de controlar suas emoções. A fadiga no ringue é 90% psicológica. É apenas a desculpa de um homem que quer desistir. Na noite antes de uma luta, você não vai dormir. Não se preocupe, o outro cara também não. Você vai para a pesagem, ele vai parecer muito maior e mais calmo do que você, mas por dentro ele está com medo. Sua imaginação vai conferir a ele habilidades que ele não tem. Lembre-se, o movimento alivia a tensão. No momento em que o sino toca e vocês entram em contato um com o outro, de repente seu adversário parece uma pessoa qualquer, porque agora a sua imaginação se dissipou. A luta em si é a única realidade que importa. Você tem de aprender a impor sua vontade e a assumir o controle sobre essa realidade."

Cus conversava comigo sobre a importância de agir de forma intuitiva e impessoal e de uma maneira relaxada, evitando que todas as minhas emoções e sentimentos bloqueassem o que eu sabia intuitivamente.


Mike Tyson (Mike Tyson: A Verdade Nua e Crua; págs: 45 e 46)