9 de setembro de 2015

AMORTECEDORES MONROE E A MARILYN

Em uma campanha para os amortecedores Monroe - nada a ver com a atriz, please - o texto era algo de fato inovador e provocativo. Mostrava a analogia e as diferenças entre os dois, alternando imagens da atriz e do amortecedor: famosos no mundo inteiro, como são bons de curvas e de retas, ambos são o sonho dos mecânicos; depois, as diferenças entre os dois, pedações de mau caminho (ela) e bom caminho (ele), todo mundo vibra com ela, mas ninguém vibra com ele. E fecha com a frase: "Amortecedores Monroe, uma segurança para sua família. Marilyn, um perigo para sua família."


João Wady Cury (Enquanto Eles Choram, Eu Vendo Lenços; págs: 67 e 68)

Nenhum comentário: