18 de julho de 2015

O PUBLICITÁRIO ARTESÃO (POR: WASHINGTON OLIVETTO)

Falando sobre o publicitário do futuro, Washington Olivetto expressou com lucidez a questão do estilo: "O publicitário de amanhã vai ter que perceber que a propaganda não é arte, é artesanato. Nós utilizamos alguns recursos de arte, usamos o cinema, a fotografia, a ilustração, a gente procura elaborar os textos, enfim, a gente se utiliza desses recursos de arte para fazer a propaganda. Mas quando fazemos uma campanha de propaganda, não temos a mesma característica do artista. Ela tem uma manifestação pessoal de opinião.

Mas adiante, Olivetto afirma que o publicitário tem o dever de expressar a opinião do anunciante. "A partir daí vou ter de manisfestar essa opinião dele, essa sensação dele, esse desejo dele da forma mais inteligente possível. Para isso vou me utilizar de alguns recursos da arte, mas estou sendo um artesão."


João Anzanello Carrascoza (Redação Publicitária: estudos sobre a retórica do consumo; pág: 127)

Nenhum comentário: