30 de julho de 2015

O PROCESSO ARISTOTÉLICO E A PERSUASÃO PUBLICITÁRIA

O exórdio tem por função chamar a atenção do consumidor; a narração objetiva envolver a pessoa em determinada história ou situação. As provas vêm logo em seguida à narração e são responsáveis por confirmar tecnicamente que o produto oferecido é bom. Depois, apresenta-se a peroração, que visa confirmar a mensagem que está sendo transmitido e reforçar a marca anunciante ou fazer com que o consumidor conclua da maneira que queremos que ele conclua. É por essa razão que a maioria dos anúncios tem a assinatura ao final da peça.

Exórdio: Título e imagem: Chamar a atenção do observador.

Narração: Imagem e início do texto: Envolver o observador na situação proposta.

Provas: Miolo do texto: Justificar racionalmente as vantagens do produto anunciado.

Peroração: Fim do texto, assinatura de campanha, logomarca, slogan: Concluir o raciocínio, incentivar a ação, lembrar a marca anunciada.


Celso Figueiredo (Redação Publicitária; Sedução pela Palavra; págs; 62 e 63)

Nenhum comentário: