18 de julho de 2015

ESPÍRITO DATILOGRÁFICO

Por: Diego Cosmo



A máquina de datilografar não vive mais entre a gente mas seu convite permanece em cada um. Escrever sem "backspace" é uma metáfora da vida, os erros da caminhada podem até serem corrigidos mas deixam suas marcas. Em tempos de alta eletricidade, falta voltagem em frente a mesmice. A história não conta o futuro, assim, louvados sejam os que ousam pensar diferente, pois as grandes mudanças são feitas pelos que aceitam o risco de reinventarem a história.

Nenhum comentário: