18 de junho de 2015

CONFIANÇA APESAR...

"Mesmo quando estava no orfanato, quando perambulava pelas ruas tentando achar o que comer para conseguir sobreviver, mesmo nesses dias eu pensava em mim mesmo como o maior ator do mundo. Eu tinha de sentir essa exuberância que vinha da profunda confiança em mim mesmo. Sem isso eu teria sido derrotado."

Charles Chaplin

David Robinson (Chaplin - uma biografia definitiva; pág: 46)

Nenhum comentário: