18 de maio de 2015

"UMA VEZ VENDEDOR, SEMPRE VENDEDOR"

01 - Criar publicidade bem-sucedida é um artesanato, parte inspiração, mas principalmente conhecimento e trabalho duro. Se você tem um talento razoável e sabe quais as técnicas que funcionam na caixa registradora, você irá longe.

02 - A tentação de divertir em vez de vender é contagiante.

03 - A diferença entre um anúncio e outro, quando medida em termos de vendas, pode ser tão grande quanto 19 para 1.

04 - Vale a pena estudar o produto antes de escrever a campanha.

05 - A chave do sucesso é prometer um benefício ao consumidor - tal como melhor sabor, lavar melhor, mais quilometragem por litro ou uma aparência melhor.

06 - A função da maior parte da publicidade não é persuadir pessoas a experimentar o seu produto, mas persuadi-las a usá-la mais frequentemente que as outras marcas que conhecem. (Obrigado, Andrew Ehrenberg)

"Andrew Ehrenberg, da London Business School, é dono de uma das maiores inteligências do marketing, hoje em dia. Ele relata que uma oferta de preço reduzido pode levar as pessoas a experimentarem uma marca, mas elas voltam para suas marcas habituais como se nada tivesse acontecido." [pág: 18]

07 - O que funciona em um país quase sempre funciona em outros.

08 - Editores de revistas são melhores comunicadores que os publicitários. Copie suas técnicas.

09 - A maioria das campanhas são muito complicadas. Elas refletem uma longa lista de objetivos e tentam conciliar os pontos de vista divergentes de demasiados executivos. Tentando alcançar muitas coisas, nada conseguem. Seus anúncios parecem os relatórios de um comitê.

10 - Não permita que um homem escreva publicidade para produtos comprados por mulheres.

11 - Boas campanhas podem ser publicadas por muitos anos sem perder sua força de venda. Minha campanha do tapa-olho para as camisas Hathaway foi publicada durante 21 anos; minha campanha para o sabonete Dove vem sendo publicada há mais de 30 anos. E Dove é um best-seller.


Uma vez vendedor, sempre vendedor.


David Ogilvy (Confissões de um publicitário: págs; 21, 22 e 23)

Nenhum comentário: