3 de julho de 2014

CRIATIVIDADE

Na sociedade industrial foi a razão que triunfou. Hoje, conquistado o que é racional, podemos voltar a valorizar sem temor também a esfera emotiva. Emoção, fantasia, racionalidade e concretude são os ingredientes da criatividade. A racionalidade nos permite executar bem as nossas tarefas, mas sem emotividade não se cria nada de novo. Para ser criativo, é essencial o cruzamento entre racionalidade e emotividade.


Domenico de Masi (O Ócio Criativo, pág. 157)

Nenhum comentário: