9 de janeiro de 2012

DOR É COISA DE RETROVISOR

Por: Diego Cosmo
Percebi que a melhor maneira de lhe dar com a dor, é expressando-a, é extravasando a falta de chão com os outros, é procurando crescer dentro do caos, dor é grito! É também procurando cura e alternativas com o maior numero possível de meios. A dor é mais intensa, mais forte e aguda por se estar em contato com a fonte geradora, mas depois ela vai embora sem deixar muita sujeira. Se encaro minha dor tentando esconde-la, as coisas só tendem a se prolongar e podem ser mais traumáticas, devo tirar proveito disso tudo, o colapso de nossas defesas só nos serve para nos dar mais uma oportunidade de nos encontrarmos melhor, sendo assim não sofreremos a toa. Nossos sentimentos parecem que pensam por conta própria, ou se não, é o nosso Eu gritando lá do fundo do inconsciente, é o que estar abaixo da ponta do iceberg querendo emergir. Para os sentimentos a dor nunca é bem vinda, como uma gaiola não é para um pássaro. Mas a dor existe, enfim o amor se expressa em seres feito de luzes e trevas.

A dor deve ser assumida naturalmente para que ela tome seu rumo, o destino dela é ser expulsa, que é nossa reação natural a algo tido como não necessário. Os bons momentos devem ser vividos intensamente e com liberdade, sem defesas, para que eles tenham o destino que lhe é natural - a eternidade. Os maus momentos também devem ser vividos com coerência, sem defesas, é sendo fiel a dor que ela seguira seu destino - que é ir embora. A dor surge para termos que vê-la pelo retrovisor depois de termos ficado bem próximo dela.


"O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem." - João Guimarães Rosa

4 comentários:

Wendel Cavalcante disse...

Disse tudo, Brother!
Abração!

Joguete do Destino disse...

Como disse Fernando Sabino: " A gente sofre muito: o que é preciso é sofrer bem, com discernimento, com classe, com serenidade de quem já é iniciado no sofrimento. Não para tirar dele uma compensação, mas um reflexo."

abraço, gostei bastante do teu blog, estou te seguindo! ;)
ana karoline.

Diego Cosmo disse...

É.. ultimamente tenho sido forçado a aprender a lhe dar com o caos gerado pela dor.. Dai devo concordar com o Sabino, pq tenho procurado tirar conhecimento de toda dor.. Até isso é doloroso, mas fazer oq? rsr

A vida de fato nos exige coragem! Então vamo simbóra! ^^

vlw pela interação!

Diego Cosmo disse...

Vale dar uma conferida nesse: "http://dcosmo.blogspot.com/2011/12/viver-nao-doi.html"