8 de agosto de 2008

OFICINA DO DIABO



Tudo fora de controle
E o controle da TV me controlando
E eu que então pensava que me controlava
Estava ali descontrolando

E se parasse um pouco
Não perderia nada
E ajudaria a cabeça
Sempre alienada

Tudo fora de controle
E o controle da TV me controlando
E eu que então pensava que me controlava
Estava ali descontrolando

Tudo fora de controle e o ponteiro do relógio te marcando
Se quiser não mude a falta de atitude
Seguirá te acompanhando

E se parasse um pouco
Não perderia nada
E ajudaria a cabeça
Sempre alienada

Cabeça vazia
Cheia de informação
De noite e de dia
É oficina do diabo então


Tianastácia (Fora de Controle)

Nenhum comentário: